O internacional site “Lonely Planet” (Planeta Solitário) sem medo algum de errar, apontou os 10 melhores locais para promover caminhadas e trilhas na Grécia, principalmente, insular. Tanto é assim, que o colunista Alexis Averbuck elogiou áreas que têm montanhas, encostas e ilhas típicas do relevo grego, como, por exemplo, o Monte Olimpo, lar dos deuses mitológicos gregos; Meteora, com os seus monastérios encravados no meio das montanhas e que resistiram à invasão dos turcos otomanos; a região de Zagoria no noroeste da #Grécia, quase fronteira com a desconhecida Albânia e o Peloponeso, no Sul da Grécia, local rico em promontórios, penínsulas, enseadas precipícios e com o Mar Mediterrâneo tendo um azul superlativo.

Publicidade
Publicidade

Não é toa que Averbuck revelou que “grande parte da Grécia é caracterizada por regiões montanhosas e, portanto, é um paraíso para os escaladores", justificando os critérios para a sua votação.

Na Grécia como um todo, existem muitas organizações e clubes instalados em praticamente todos os lugares, que fornecem informações e instruções para se escalar com segurança as várias montanhas desse país ímpar.

10 locais ideais para escaladas e trilhas na Grécia durante o verão no hemisfério Norte

  • Creta: a maior ilha grega é a 1ª colocada na classificação da Lonely Planet e nela está localizado o desfiladeiro de Samaria, um dos locais mais populares para caminhadas na #Europa, já que combina a beleza natural selvagem das plantas com a fauna local. Os caminhos de Zakros e Kato Zakros conduzem através do chamado Vale dos Mortos, o que só faz aumentar o mistério acerca do lugar e que termina na área em que se localizam as ruínas do palácio do rei Minos, pai da figura mitológica do Minotauro.
  • Ilha de Andros: ocupando a 2ª posição surge a ilha que tem muitos caminhos que passam pelas aldeias provincianas e acabam em vales intocados, possuidores de uma beleza plástica invejável.
  • Ilha de Naxos: outra típica ilha grega, onde na região de Naxos Tragea há um grande vale cultivado com oliveiras e com muitos caminhos que conduzem para diferentes vilarejos. É ainda nessa ilha que está a caverna encravada em uma montanha, que é a caverna de Zeus Dias, pai de todos os deuses mitológicos.
  • Ilha de Tilos: há um local na ilha de nome bem grego, que é Anarithmita, próximo de encostas íngremes, que eventualmente levam a praias isoladas. É também um paraíso para os amantes de aves raras, dificilmente vistas em outros locais.
  • Ilha de Nisyros: ilha formada pela erupção de um antigo vulcão, felizmente extinto, cujas caminhadas seguem em direção à cratera na montanha de nome Polyvotis.
  • Ilha de Paxos: é uma ilha minúscula no Mar Jônico, muito apropriada para passeios através de suas trilhas, ladeando antigas oliveiras e outras árvores características da flora da região.
  • Ilha da Ítaca: é a ilha especialmente feita pelos deuses para os amantes da mitologia grega, pois foi o lar de Ulisses e Penélope, casal famoso na história pela Guerra de Troia e o amor romântico que os personagens nutriam entre si.
  • Ilha de Samos: é uma ilha extremamente tranquila no Egeu Oriental, próxima da região litorânea da Turquia, com aldeias no meio de bosques e montanhas repletas de vinhedos.
  • Ilha de Hydra: não existem veículos movidos a motor nessa ilha, tendo trilhas muito bem conservadas que têm como destino as praias e mosteiros.
  • Ilha de Alonissos: detém praias imaculadas, verdadeiras jóias do Mar Egeu, fascinando a todos que têm a oportunidade de visitar.

Enfim, a Grécia é um paraíso disfarçado de país e que vale a pena de ser visitado ao menos uma vez na vida de cada pessoa.

Publicidade

#Natureza