Um estupro seguido de assassinato foi registrado na manhã de sábado (07), na zona rural da cidade de Anamã, cerca de 165 km de Manaus. O acusado de ter cometido o #Crime foi identificado como o usuário de drogas Oseias da Silva, de 21 anos, mais conhecido popularmente como “Bolinha”. A vítima foi uma criança de 7 anos que é sobrinha do acusado. O meliante foi preso pela polícia.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima era filha única da irmã do acusado e a mesma estava ausente quando a sua menina foi violentada e assassinada. Segundo a polícia, Bolinha tinha fumado maconha, foi até o quarto onde a vítima estava dormindo e a violentou sexualmente e em seguida a assassinou.

Publicidade
Publicidade

Após cometer o crime, o suspeito fugiu do local e se escondeu em uma mata próxima da residência da vítima.

A mãe da vítima, identificada como Maria das Graças, quando chegou em sua residência, encontrou a sua filha morta. Segundo a mãe da criança, a menina estava completamente sem roupas, com hematomas em seu pescoço e com sinais de violência sexual. Entretanto, a jovem pediu ajuda para uma vizinha, relatando o que tinha acontecido, e em seguida as mesmas foram até a sede da Polícia Militar de Anamã.

Já na delegacia, a mãe da vítima relatou para a polícia o que tinha acontecido, e apontou o seu irmão como sendo o principal suspeito de ter cometido o crime. Quando ela chegou em casa, o mesmo havia desaparecido levando suas roupas. Diante da situação, uma equipe da Polícia Militar se deslocou até a casa da vítima e em seguida entrou na mata para procurar o acusado.

Publicidade

Já por volta das 15 horas, o meliante foi localizado dentro de um casebre, onde foi preso em flagrante.

Já preso, ao ser questionado sobre o caso, o mesmo confessou que assassinou a sobrinha com as próprias mãos, após ter abusado sexualmente da garotinha. Bolinha foi levado de barca até a sede da polícia de Anamã e apresentado na Delegacia Interativa de Polícia, onde prestou o seu depoimento e em seguida foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e por assassinato. O caso está sendo investigado pela polícia da cidade.

Vídeo mostra acusado sendo levado para a sede de Anamã

#Investigação Criminal #Casos de polícia