Depois do terrível ataque na França ao Jornal Charlie Hebdo, Paris permanece de luto. Muitas pessoas ainda não consegue acreditar no que aconteceu. Os franceses fizeram uma bonita homenagem às vítimas do ataque. No ataque morreram doze vítimas, dois policiais e dez jornalistas, entres os mortos estão os quatro famosos cartunistas.

O cerco está se fechando para os irmãos que foram responsáveis pelo ataque. São mais de 90 mil policiais em ação. Os irmãos estão numa fábrica no Sul do Nordeste da França, fizeram várias vítimas, houve tiroteios, mas ninguém ficou ferido. Os agentes negocia com os terroristas para que eles se entregue, agora falta muito pouco para eles se renderem.

Publicidade
Publicidade

O Estado disse que vai proteger a cidade com toda garra dos terroristas, a polícia faz uma inspeção por toda a cidade francesa. Paris está em choque, ontem houve alguns atentados, uma bomba explodiu no centro e em outro local mataram uma policial. A polícia investiga se os atentados têm alguma ligação com os terroristas. O governo da França disse que eles vão lutar até o fim e que nenhum terrorista vai tirar a liberdade deles.

A caçada aos terroristas mobilizaram o mundo todo, as pessoas estão acompanhando o noticiário e torcendo para que a justiça seja feita. O ocorrido uniu jornalistas e cartunista do mundo inteiro, que fizeram lindas homenagens para vítimas do ataque. Eles fizeram desenhos e postaram nas redes sociais.

Em homenagens às vítimas os franceses saíram as ruas e fizeram homenagens aos mortos.

Publicidade

Elas carregavam cartazes com caricaturas e desenhos, para homenagear os cartunistas. Nos cartazes falavam sobre a liberdade de expressão. Um morador da cidade disse que os terroristas querem que o povo se cale, mas que eles vão lutar até o fim pela liberdade de expressão. Outras pessoas disseram que eles querem acabar com as pessoas que sabem, para o mundo se retrair.

Próxima a redação do jornal, milhares de pessoas deixaram rosas e cartazes para as vítimas do ataque. As famílias dos mortos não se conforma com o que aconteceu, ontem ao meio dia, os francese fizeram um minuto de silêncio. Aqui no Brasil, os franceses fizeram muitas homenagens para as vítimas.