Cynthia Anderson, norte-americana de 56 anos, foi com o seu cachorro até o aeroporto regional de Nebraska, localizado no centro dos Estados Unidos. Cynthia foi ao aeroporto para viajar com o seu animal de estimação mas, ao descobrir que ele não atendia as normas para embarcar, ela o afogou num vaso sanitário do local. A recusa do aeroporto em permitir que o cachorro embarcasse foi por ele ser muito novo, com apenas duas semanas de vida.

O meio de comunicação do aeroporto confirmou o ocorrido por meio de nota oficial no fim da noite de segunda-feira (26). A mulher foi detida sexta-feira (23) por maus-tratos contra #Animais, de acordo com matéria divulgada pelo jornal internacional The Grand Island Independent.

Publicidade
Publicidade

O jornal também interrogou um policial responsável pelo caso, e ele confirmou que a mulher, que é natural da Flórida, afogou o cachorro no vaso sanitário de um banheiro do aeroporto de Nebraska. 

Cynthia V. Anderson, de Edgewater, Flórida, primeiramente tentou embarcar em um voo no aeroporto Grand Island na quinta-feira (22), mas teve o pedido negado porque estava com três filhotes, todos eles aparentando ter duas semanas de idade ou menos. Ela também estava com mais dois cães pequenos, mas eles tinham a idade e canis apropriados para embarcar no voo.

Os pais de Anderson foram até a cidade de Nebraska e levaram dois dos filhotes, e então ela tentou viajar novamente na sexta-feira (23). Ela ainda estava com os dois cachorros pequenos, mas com idade apropriada para viajar, e um dos filhotes do dia anterior, que tentou esconder em sua bagagem de mão para passar pela área de embarque. 

Depois que teve o embarque novamente recusado na sexta-feira, ela foi vista entrando no banheiro do terminal de passageiros do aeroporto.

Publicidade

Logo depois que Anderson saiu do banheiro, uma pessoa entrou no local e descobriu um cachorro morto dentro do vaso sanitário. O Central Nebraska Humane Society recuperou o filhote morto e o conduziu para uma autópsia. Ela irá determinar se a causa de morte do animal foi mesmo afogamento.

Anderson está presa sob acusação de abuso animal na cadeia da cidade.