Enquanto aqui no Brasil corremos para achar uma sombra e se esconder do sol, nos Estados Unidos a população está sofrendo com uma das mais fortes nevascas da história do país. Alertas à população estão sendo feitos, além de cerca de 3,4 mil voos cancelados nesta segunda-feira (26). O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) efetuou um alerta de tempestade de neve, abrangendo do Estado de Nova Jersey até Indiana.

Chamada pelos meteorologistas de uma "tempestade histórica" de neve e frio, o evento afetará os estados do Nordeste dos Estados Unidos a partir desta segunda-feira. A forte nevasca pode vir acompanhada de rajadas de vento de 50 a 65 quilômetros por hora, interrompendo o fluxo de veículos rodoviário.

Publicidade
Publicidade

Tem-se previsão que segunda e terça feira (27) as tempestades de neve e frio possam chegar com força total. Cidades como Filadélfia e a Costa Leste do País até o Norte, incluindo também Nova Inglaterra, Nova Jersey e Nova York, se estendendo até o Canadá, serão fortemente prejudicadas.

Bill de Blasio, o prefeito de Nova York advertiu a população americana que esta pode ser a pior tempestade de neve da história da cidade. Segundo ele, o acúmulo de neve pode chegar a até um metro, alertando aos moradores que evitem pegar estradas e se preparem para situações que posam ser piores do que as atuais. As escolas foram abertas hoje (26), porém, com a situação crítica em que a cidade se encontra, poderão ser fechadas na terça-feira (27).

A situação é alarmante e, segundo o prefeito, é recomendável que a população fique dentro de casa e se proteja da nevasca.

Publicidade

Desde 2006, Nova York não via uma tempestade de neve tão catastrófica. Antes desta, fora em 1947.

Viagens aéreas podem ser canceladas ou terem suas rotas alteradas, informaram as companhias aéreas American Airlines, Delta JetBlue, US Airways e Southwest, principalmente para o Nordeste dos Estados Unidos, em razão da previsão de tempestades para os próximos dias. 

A tempestade entra para a história de eventos meteorológicos dos Estados Unidos. #Natureza