Mais uma polêmica envolvendo a trilogia 'Cinquenta Tons de Cinza' veio à tona na última semana. 

O governo da Malásia proibiu a exibição de um dos filmes mais aguardados do ano, que seria exibido no país no próximo dia 12 - um dia antes da estreia nos Estados Unidos. O lançamento do longa foi cancelado através de comunicado emitido pela Comissão de Censura Cinematográfica malaio. Segundo o órgão federal, a decisão foi tomada, pois há cenas no #Filme que não são de "conteúdo sexual natural". No texto oficial, o chefe do comitê, Abdul Halim, detalha que o conteúdo é sádico.

Com direção de Sam Taylor-Johnson, a adaptação do romance de E.

Publicidade
Publicidade

L. James tem Jamie Dornan, no papel do CEO bilionário Christian Grey; e Dakota Johnson, no papel da universitária Anastasia Steele, que se submete a um contrato de 'relacionamento' com o CEO. O orçamento do filme foi de US$ 40 milhões.

Dakota Johnson pede que sua mãe não assista ao filme

A protagonista do filme proibiu a família e os amigos da família de assistirem ao filme, que segundo ela, "é inapropriado". Dakota é filha da atriz Melanie Griffith.

Ela contou à revista Glamour que precisava ficar um tempo sozinha ao sair das gravações para 'pular fora' da personagem. Ela achava bom poder rir no set com Dornan, mas às vezes ela saía do set se sentindo em estado de choque.

Outras polêmicas envolvendo os livros e o filme

Em janeiro de 2013, os livros da trilogia (e outros dezenove livros de #Literatura erótica) chegaram a ser recolhidos das lojas de Macaé, no Rio, por ordem do juiz responsável pela Segunda Vara de Família, da Infância, da Juventude e do Idoso,  Raphael Baddini.

Publicidade

Ele determinou que os livros só poderiam ser vendidos em embalagens lacradas.

Grupos de combate à violência doméstica dos EUA criaram uma página no Facebook com o nome '50 Dollars not 50 Shades' (nome da campanha) para promover boicote à estreia do filme: dar o valor do ingresso para organizações e abrigos que prestam assistência a mulheres vítimas de violência doméstica.

Sucesso de vendas

Cinquenta Tons de Cinza é o primeiro livro da trilogia homônima, escrita por E. L. James. Mais de 70 milhões de exemplares de Cinquenta Tons de Cinza, Cinquenta Tons Mais Escuros e Cinquenta Tons de Liberdade já foram vendidos no mundo todo. #Cinema