O Nordeste da Nigéria foi alvo de ataques terroristas, um homem-bomba que se localizava em um ponto de ônibus, deixou cerca de 18 pessoas mortos no #Ataque realizado hoje (26). Um segundo homem-bomba estava preparado para acionar a bomba, mas a polícia conseguiu intervir  e matar o terrorista, não deixando tempo para que ele pudesse detonar os explosivos.

Uma das testemunhas do atentado na estação de ônibus, Babagana Kyari, relatou que, além dos 18 mortos na explosão, entre estes estão homens e mulheres, outras pessoas foram feridas durante o atentado.

O atentado foi realizado numa estação de ônibus, localizada na província de Bono, em Kano.

Publicidade
Publicidade

Os dois homens com os explosivos estavam conduzindo um veículo, quando estacionaram no parque da estação. Logo após, se direcionaram a estação de ônibus, onde passageiros se encontravam, foi quando o primeiro homem conseguiu acionar a bomba e ocasionar a explosão, entre os usuários da estação e vendedores.

Na região de Yobe, na cidade de Politskum, poucas horas antes do atentado em Kano, uma explosão causou 17 mortos, as pessoas atingidas se concentravam na zona comercial, contudo, não foram divulgadas informações adicionais sobre o atentado.

Os dois atentados não foram confirmados como sendo de responsabilidade do grupo radical islâmico Boko Haram, que tem participado com frequência dos ataques na região. A cidade de Biu também é foco dos grupos terroristas. Em ambas as cidades, os ataques tem vitimado mulheres, crianças, pedintes e vendedores de rua.

Publicidade

Sabe-se que o grupo extremista Boko Haram, já tentou diversas vezes apoderar-se da capital de Biu, que fica localizado a 180 quilômetros da capital do estado de Borno, em Maiduguri. O grupo nunca foi aceito pela comunidade e sempre foi repelido pelas milícias de autodefesa e pelo exército. Contudo, estes argumentos ainda não são artifícios de comprovação da relação do grupo nos atentados.

Os atentados na região estão sendo a cada dia mais frequentes, vitimando dezenas de pessoas, principalmente de ações terroristas com homem-bomba, em lugares com um grande número de vitimas, entre mulheres, jovens, crianças, e tantos outros. #Terrorismo #Violência