Até alguns dias atrás, a dupla de humoristas dos Estados Unidos "The Florida Men" era relativamente desconhecida. A página deles no Facebook, por exemplo, tinha menos de 1.300. Mesmo sem um público tão grande, eles conseguiram seus 15 minutos de fama em território nacional ao publicarem um vídeo em que ironizavam os brasileiros e seus comportamentos ao visitar a Disney.

O vídeo foi publicado no Youtube no dia 31 de janeiro. Hoje (05), o vídeo conta com quase 1,5 milhão de visualizações. O vídeo recebeu o título If American Tourists Acted Like Brazilians ("Se Turistas Americanos Agissem Como Brasileiros", traduzido livremente).

Publicidade
Publicidade

No vídeo, os dois comediantes americanos se passam por brasileiros nativos no Magic Kingdom, em Orlando. Não por acaso, Orlando é um dos destinos preferidos dos brasileiros, e não é de hoje. 

Se passando por brasileiros, eles abordam funcionários do parque e pedem informações tentando falar em inglês, usando poucas palavras, muitos gestos e demonstrando bastante dificuldade para entender as respostas. A resposta mais comum dos humoristas que se passam por brasileiros é "I don't understand" ("Eu não entendo"). A trilha sonora do vídeo conta com músicas brasileiras, como "Eu sou brasileiro / Com muito orgulho / Com muito amor"

E não para por aí. Além de abordar trabalhadores do parque e não conseguir estabelecer uma boa comunicação, os dois humoristas tiram muitas selfies, usando o pau de selfie ou não, cantam fazendo muito barulho, batem muitas palmas e pulam barreiras de filas. 

Repercussão

O vídeo humorístico enfureceu diversos brasileiros.

Publicidade

O vídeo já conta com quase 2000 comentários, a maioria de brasileiros que se sentiram ofendidos. De 1,4 milhão de visualizações, mais de 17 mil pessoas clicaram em "não gostei", enquanto mais de 6 mil clicaram em "gostei".

Entre os comentários contrários ao vídeo, pessoas afirmavam que os americanos não sabem falar português quando visitam o Brasil e que tentam falar espanhol. Muitos também acharam que o vídeo passou dos limites. Outros, por sua vez, defendiam a comédia e a liberdade de expressão.

A dupla de humoristas Forest e Alan foi procurada pelo portal G1 e eles afirmaram que não tinham intenção de generalizar os brasileiros. Mas que, por trabalhar nos parques da Disney há muito tempo, usaram suas experiências do dia a dia pra criar a comédia. Eles também deixaram claro que o vídeo não reflete a visão dos trabalhadores dos parques e nem da Walt Disney Company.

Os dois também se mostraram impressionados com a grande repercussão no vídeo. Segundo eles, as pessoas da América do Sul são barulhentas e entusiasmadas. Mas, por outro lado, os americanos também agem como donos de todo o parque. Afirmaram que também satirizam eles mesmos e que a Disney não seria o que é atualmente sem os brasileiros. 

Você acha que os humoristas passaram dos limites? #Turismo #Viagem