Nesta quarta-feira os milhões de usuários do aplicativo WhatsApp vão dormir com a "pulga atrás da orelha"! Será mesmo que o aplicativo sairá do ar? Pela vontade do excelentíssimo senhor Luiz Moura Correia, juiz do Piauí, isto irá acontecer o mais rápido possível. A decisão determina que todas as operadoras de telefonia suspendam o serviço "temporariamente até o cumprimento da ordem judicial". #Android #Apple

O motivo que o leva a pedir o bloqueio do aplicativo não foi divulgado, porém, o mandato foi expedido em 11 de fevereiro por um juiz da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, mas só agora o caso se tornou público. Segundo uma nota enviada aos jornais de todo o país, a causa seria o descumprimento de uma ordem judicial que pedia informações que foram transmitidas através do WhatsApp e que desde 2013 não foram reveladas devido à negativa dos representantes deste aplicativo no Brasil. O representante do WhatsApp no Brasil é o mesmo do Facebook, porém a rede social não é legalmente responsável pelo serviço de mensagens, sendo empresas independentes.

Proteção à criança

Em entrevista coletiva realizada na tarde de hoje, a delegada Kátia Esteves, disse que o provedor "vem obstruindo o cumprimento da lei desde 2013". Todo esse problema surgiu devido a imagens compartilhada por usuários desse serviço onde crianças eram expostas, porém o processo corre em sigilo.

Prazo de 24 horas

O juiz deu 24 horas para que a empresa WhatsApp suspenda não só os acessos a serviços dos domínios whatsapp.net e whatsapp.com, mas como o uso do aplicativo, tráfego de informações, coleta de imagens ou vídeos, armazenamento, registro de dados pessoais e comunicação entre usuários do serviço e servidores do aplicativo. A SindiTeleBrasil, associação que representa a telefonia no Brasil, considera a medida "desproporcional", comunicando que esta medida pode causar prejuízo à milhões de pessoas que não usam o aplicativo somente para fins de entretenimento, mas também para trabalho. O WhatsApp surgiu no Brasil em 2009, contando com mais de 700 milhões de usuários.