Um homem morreu e outro ficou ferido após tentarem invadir com um carro o portão da base da NSA (Agência de Segurança Nacional) em Maryland. A base fica a 37 Km de Washington nos EUA. Um dos invasores foi morto pela equipe de segurança do Fort Maede e o outro ficou gravemente ferido após a tentativa de invasão da sede. Houve trocas de tiros e um dos seguranças foi ferido pelos invasores.

Segundo o FBI, o ataque não pode ser considerado como terrorismo e aponta para um crime isolado. Foram encontradas drogas no carro dos envolvidos e o caso está sob investigação da sede da NSA. A base localizada em Maryland abriga um complexo de departamentos de defesa militar dos EUA.

Publicidade
Publicidade

Ao todo, mais de dez mil militares e quase 30 mil civis trabalham em mais de 90 unidades ligadas a diversas áreas das forças armadas dos EUA.

Vestidos de mulher

Segundo notícia veiculada pela rede NBC, os invasores estavam vestidos de mulher quando tentaram invadir o Fort Meade em um carro roubado. A NSA é considerada a maior agência de inteligência em criptologia existente. As investigações sobre o caso seguem em curso desde a manhã desta segunda-feira (30). O invasor que sobreviveu ao crime deverá ser ouvido pela agência, ele foi encaminhado para o Centro de Trauma de Mayriland em Baltimore. Com a tentativa de invasão de um dos portões, houve troca de tiros e um policial da área de segurança do Fort Meade sofreu pequenas lesões.

Base militar

O Fort Meade foi fundado em 1917 e ocupa uma área de 5.067 acres.

Publicidade

Foi intitulado Meade em honra ao General que lutou na Guerra Civil Americana, George Meade. Somente em 1950 o posto tornou-se sede da NSA. Anteriormente foi utilizado como campo de treinamento e abrigo para prisioneiros da Segunda Guerra Mundial.

Os invasores foram impedidos de adentrar ao Fort Meade no portão da I-295 pela equipe de segurança. A NSA mantém-se vigilante em todas as suas áreas de acesso desde o início de março, após um tiroteio contra um prédio da NSA, que resultou na prisão de um homem de 35 anos em Beltsville. #Governo