Um noivo da Arábia estava tão decepcionado depois de ver o rosto de sua noiva pela primeira vez, que ele imediatamente pediu o divórcio. Apesar de ser dada a opção de ver os rostos uns dos outros antes da cerimônia, o casal concordou em casar com "passeios invisíveis".

Péssima ideia, porque assim que eles disseram "eu aceito", a noiva retirou o véu para posar para fotos, e seu novo marido ficou tão chateado, que imediatamente disse que estava se divorciando dela.

"Você não é a garota com quem eu quero me casar", declarou ele. "Você não é como eu tinha imaginado. Em seguida, o homem se levantou e anunciou que queria uma separação imediata.

Publicidade
Publicidade

Após o divórcio, a noiva entrou em colapso e o casamento se transformou em uma noite de lágrimas.

De acordo com o diário saudita Okaz, a noiva caiu no chão aos prantos, completamente desesperada, enquanto os convidados correram atrás do marido para tentar salvar o casamento, entretanto, suas tentativas foram frustradas.

"O noivo disse que não tinha sido capaz de ver o rosto de sua noiva antes do casamento", relatou Okaz.

Revolta nas redes sociais

Ao ouvir a notícia, muitas pessoas levaram para as mídias sociais para expor seu descontentamento.

A mãe da noiva escreveu em uma rede social: "Ele lhe causou grande dor através de sua atitude irresponsável, e ele merece sofrer. Ele deve perceber que a beleza está no coração, não simplesmente em um rosto. Infelizmente, muitos jovens de hoje estão interessados ​​apenas na aparência e ignoraram os bons valores.

Publicidade

Que Deus te conceda um marido melhor, que possa apreciá-la e respeitá-la".

Abu Nass, amigo dos noivos acrescentou: "Ele não foi homem o suficiente para assumir as suas responsabilidades. Ele é completamente, insensível. Ninguém o obrigou a se casar com ela. Ele deveria ter insistido em vê-la antes do casamento e do trabalho, e não esperar até a noite de núpcias."

Um outro convidado, ficou tão revoltado que chegou a amaldiçoar a noivo: "que ele sempre seja um perdedor e que possa ser privado de se casar e ter filhos. Ele não é um homem, ele não tem sentimentos."

Enquanto isso, um outro homem na Arábia Saudita, está em busca de se divorciar depois de afirmar que sua esposa ficou sem responder suas mensagens no WhatsApp, durante dez meses.