Uma americana de nome Shaneka Monique Torres, 30 anos, pode ser condenada a até 7 anos de prisão por dar um 'xilique' de proporções catastróficas em uma famosa lanchonete no estado de Michigan (Estados Unidos). A confusão começou quando a mulher se dirigiu até o estabelecimento e pediu como lanche, um sanduíche com Bacon. No entanto, o pedido acabou saindo incompleto (sem o bacon), gerando o tumulto no local.

Segundo fontes que presenciaram a cena, ao retornar para o balcão, Shaneka fez uma reclamação civilizada e tranquila com o gerente, que imediatamente colocou bacons extras no sanduíche da cliente e ainda lhe deu um lanche de graça para amenizar o transtorno com o ocorrido.

Publicidade
Publicidade

Porém, minutos depois, a mesma mulher, agora acompanhada de uma amiga, realizou o mesmo pedido e novamente o bacon não estava presente no sanduíche.

A partir daí, a confusão foi instalada no local. Shaneka sacou um revólver e descarregou a arma contra a lanchonete, sem acertar ninguém. Ela foi presa em casa 30 minutos depois do ocorrido e pode ser condenada por carregar uma arma oculta, descarregar a arma em um prédio e tentativa de homicídio. De acordo com os polícias que prenderam a mulher, ela provavelmente será condenada e agora espera somente a sentença do juiz quanto ao tempo de cadeia que vai pegar.

A curiosa cena da vida real lembra a cena fictícia do cinema no filme "Um Dia de Fúria", interpretado pelo ator Michael Douglas, no começo dos anos 90. No longa-metragem, o personagem vívido por Douglas reclama do tamanho do seu hambúrguer, bem menor do que o da foto na parede da lanchonete.

Publicidade

Ao se dar conta de que não terá seu pedido atendido, o personagem saca uma metralhadora, gerando pânico na lanchonete.

Semelhanças à parte, o tumulto corrido na vida real, na lanchonete norte-americana, evidencia o problema do estresse crônico que assola a vida cotidiana das pessoas, cada vez mais com grandes cargas horárias de trabalho e menos tempo para se dedicar à atividades pessoais, prazerosas e saudáveis

#Curiosidades #Violência