O acidente aéreo da companhia Germanwings que aconteceu nos Alpes da França ganhou grande repercussão e foi o principal motivo para existir a exigência de que durante todo o voo haja 2 tripulantes dentro da cabine. Além disso, algumas empresas informaram sobre os procedimentos de exames psicológicos feitos nos pilotos, estando sempre de acordo com as regras da aviação.

Entretanto, por ter sido um suicídio do copiloto que matou 150 pessoas, as companhias aéreas estudam cada vez mais medidas para que isso não aconteça mais. Dessa forma, todo o possível é feito visando a máxima segurança do transporte aéreo. Contudo, as empresas não podem exagerar no surgimento de novas regras, muito menos solicitando algo inviável ou que viole a intimidade dos funcionários.

Publicidade
Publicidade

Esta foi a conduta da Turkish Airlines, a companhia aérea turca sugeriu que seus pilotos solteiros se casem o mais rápido possível. Apesar do pedido parecer absurdo, ele realmente aconteceu.

De acordo com o portal de notícias Yahoo, a Turkish informou que o casamento dos pilotos é necessário para evitar problemas psiquiátricos iguais os que afligiram o copiloto da Germanwings Andreas Libutz. A empresa afirmou em nota que associa o acidente ao término do namoro do copiloto alemão e sua namorada. Por isso, a companhia sugere que seus pilotos solteiros se casem para que tragédias sejam evitadas.

Ao ser divulgada essa informação, os internautas e especialistas como psicólogos e psiquiatras não acharam que a atitude da empresa é correta. Pelo contrário, de acordo com o Yahoo, os médicos afirmaram que o fato de uma pessoa se casar ou permanecer solteira não influencia nos casos de depressão.

Publicidade

A Turkish fez uma recomendação que no mínimo pode ser analisada como ineficaz. Além disso, a empresa pressionando que os pilotos se casem, em uma hipótese do casamento terminar a companhia aérea irá tomar quais medidas? É necessário que ela pense novamente sobre essa sugestão para refletir se há necessidade de aconselhar algo visto como inútil pelos especialistas. Vale ressaltar que a Turkish ainda não se manifestou perante as criticas que recebeu. #Viagem