Nesta quinta-feira (2), a jovem inglesa Hayley Okines de dezessete anos faleceu. Hayley se tornou conhecida mundialmente por ser portadora de uma doença rara, a progeria, que faz com que seu organismo envelheça de 7 a 8 vezes mais rápido do que o normal.

Muito fã de cantores jovens, a menina já exibiu com orgulho fotos tiradas com boy bands e com o cantor Justin Bieber. Ela também participou de diversos programas de TV para falar de sua doença. Foi uma ativista nata de seu problema, fazendo as pessoas se informarem e se conscientizarem do que ela e outras pessoas pelo mundo viviam, sempre buscando a cura para a doença.

Publicidade
Publicidade

A mãe de Hayley percebeu que algo estava errado com a filha quando ela tinha apenas um ano, pois a mesma não se desenvolvia como as crianças de sua idade, sendo muito pequena e com pouco peso. Após o diagnóstico, que só foi conferido após um ano de exames, os médicos disseram que ela não viveria mais que treze anos. Além da rapidez para as células do corpo envelhecerem, a progeria gera problemas cardíacos, perda de gordura corporal e pelos e restringe o crescimento do corpo.

Aos catorze anos de idade, Hayley escreveu e lançou sua autobiografia “Jovem no Coração”, aproveitando a oportunidade de divulgação para explicar mais sobre a doença. Sua família recebeu doações para financiar o seu tratamento médico nos Estados Unidos e conscientizar o máximo de pessoas sobre o problema.

A família de Hayley tentou fazer com que ela tivesse a vida mais normal possível, matriculando-a em escolas comuns, mas na pré adolescência sofreu um sério deslocamento do quadril, o que a impedia de ir à escola.

Publicidade

A partir daí, Hayley passou a estudar em sua casa e dedicar sua vida para arrecadar fundos para pesquisas de cura para a progeria.

Uma emissora de TV, a BBC, chegou a informar que a menina ficou internada tratando uma pneumonia e que teve alta na quinta-feira. Sua própria mãe anunciou a morte da menina pelo Facebook, dizendo que ela deu os últimos suspiros em seus braços e que agora estava em um lugar melhor. Sua morte gerou muita comoção nas redes sociais, sobretudo no Twitter. #Curiosidades