Uma família teve a casa invadida por assaltantes que levaram todo dinheiro da família, inclusive o que tinham do último natal, joias, relógios e ainda destruíram a casa para fechar o ato criminoso com "chave de ouro". Além de um casal, também morava na casa duas crianças, Sonny Nygate, de nove anos e sua irmã, Lois.

Sonny está em um desgastante tratamento contra o câncer desde 2011, e o dinheiro levado era o presente de aniversário das crianças. Os irmãos, bem como toda a família, ficaram muito tristes e assustados com o ocorrido. Até que um menino simples e com muita sensibilidade os surpreendeu com a atitude mais bonita que já puderam presenciar ou receber de um desconhecido em toda a vida.

Publicidade
Publicidade

O nome desse garotinho de nobre coração é Jonah Lewis, um pequeno morador de Essex, na Inglaterra. O menino, de apenas sete anos de idade ouviu seus pais comentando a crueldade que as crianças que tinham quase a mesma idade que ele passaram recentemente. Ele ficou tão triste que sentiu que precisava ajudá-los.

Comovido, pegou o único dinheiro que tinha, equivalente a cerca de dez reais e que seria usado para comprar alguns doces e doou para as crianças junto com um cartão de pesar pelo acontecido.

O menino enviou o seu presente para Sonny e Lois. No cartão, escrito por Jonah, ele disse que sentia muito pelo ocorrido, explica o que está enviando e deseja que a polícia pegue logo os homens que furtaram a alegria de um aniversário feliz com a família.

Laura, a mãe de Sonny e Lois, desabou a chorar quando leu o cartão, pois ficou surpresa com a bondade do menino de apenas sete anos.

Publicidade

Ela ficou muito feliz e comovida com o presente inesperado de Jonah, sendo contagiada pela bondade da criança.

A polícia de Essex ainda não localizou os criminosos que invadiram a casa da família, mas continuam em busca de informações que os leve até os ladrões. A boa ação de Jonah repercutiu em todo o mundo. Um bom exemplo a se seguir em dias tão egoístas que a sociedade tem vivido atualmente. Parabéns, Jonah! #Crime