Hayley Okines, uma menina britânica de 17 anos, era conhecida como a adolescente de 100 anos de idade devido a uma rara disfunção genética chamada Progeria ou mal de Hutchinson-Gilford, doença que causa envelhecimento precoce e da qual sofrem algumas crianças que têm mutação da proteína Prelamina A e C, que são essenciais no equilíbrio da membrana interior do núcleo das células, sendo fundamental para manter a célula em equilíbrio. Essa doença acelera o envelhecimento do corpo em sete a oito vezes em relação ao normal e que se inicia aos 18 meses de vida.

Sua história

Hayley Okines ficou conhecida por anos de ativismo onde se dedicou a chamar a atenção do mundo para esta doença.

Publicidade
Publicidade

Aos 14 anos de idade, publicou sua autobiografia intitulada "Velha antes do tempo" ("Old before my time"), onde também era porta-voz de uma fundação norte-americana que tratava do estudo sobre a Progeria.

A adolescente passava por tratamento médico frequentemente, pois o mal atacava suas funções cardíacas, além de reduzir seu crescimento, provocar perda de gordura corporal e pelos pelo corpo. A mãe percebeu que a menina tinha problemas de saúde quando estava com um ano de idade, porque não ganhava peso.

Durante todo o tempo, a família não privava a menina de uma vida normal, estudando quase toda a vida em escolas públicas, porém em um acidente em que deslocou o quadril, foi obrigada pelo seu estado de saúde a estudar em casa com professores particulares.

Aos 13 anos ela viajou aos Estados Unidos para se submeter a mais um tratamento.

Publicidade

Em entrevista a BBC em 2012, Hayley disse conhecer somente 80 pessoas com essa mesma disfunção. Sua mãe, em entrevista ao Diário Britânico "Daily Mail" chegou a dizer que sua filha era muito mais inteligente e curiosa do que qualquer adolescente da idade dela.

A garota chegou a ser apoiada por várias celebridades, dentre elas Kylie Minogue e Justin Bieber, além de vários de seguidores no Twitter. Sua mãe anunciou a morte de sua filha através da rede social "Facebook" no dia 02 de abril.