Uma das principais dúvidas do homem e que envolve a sua existência é relacionada à vida extraterrestre. A humanidade sempre perguntou se realmente existe vida fora do planeta Terra. A NASA (National Aeronautics and Space Administration) começou a estudar essa possibilidade há muitos anos e agora existem cientistas que acreditam na existência de seres inteligentes vivendo em outros planetas. Entretanto, ainda não há provas concretas sobre este fato. Dessa forma, a NASA declarou que até 2025, é provável que haja uma grande descoberta sobre vida alienígena.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a cientista-chefe Ellen Stofan, que comenda a pesquisa sobre vida alienígena, participou de um debate na NASA TV informando que em uma data próxima a 2025, haverá registros sobre vida extraterrestre.

Publicidade
Publicidade

Ellen acredita que sinais serão encontrados em 10 anos, todavia, as provas reais serão descobertas em 20 anos.

A cientista afirmou que a NASA sabe onde procurar e possui meios para encontrar, por isso ela tem certeza. Stofan completou dizendo que não acredita que irá encontrar alienígenas como nos filmes, seres com inteligência avançada, pelo contrário, é esperado que apenas seres como plânctons e algas sejam descobertos.

Os especialistas supõe a existência de água e oceanos em alguns planetas e luas. Dessa forma, esse seria um indício que pode haver vida nesses lugares. As luas de Júpiter, Ganymede e Europa estão sendo estudadas, pois são locais que mostram uma probabilidade em haver grandes reservas de água. As luas de Enceladus e Saturno também devem ser analisadas para averiguar a possibilidade de encontrar mais fontes de água.

Publicidade

Para oc cientistas, Marte pode ser o primeiro planeta em que será descoberta a presença da água e de seres vivos. Afinal, já existem fortes indícios que oceanos podem ter existido no "planeta vermelho". Além disso, através de fotografias, há evidências que informam a possibilidade de encontrar água sob a superfície. Entretanto, vale ressaltar que a descoberta de fontes hídricas em um planeta não confirma a existência de seres vivos.

Ellen Stofan informou que a NASA tem 2 planos espaciais para Marte. Primeiro, em 2020, um novo rover será lançado para procurar sinais de que alguns seres vivos já existiram no planeta. Segundo, em 2030, um astronauta será enviado para o "planeta vermelho" com a missão de tentar encontrar sinais de vida. Além disso, a NASA está planejando lançar em 2018 o telescópio espacial James Webb para tentar analisar a atmosfera e as estrelas, tudo em busca de seres vivos.

Portanto, não existe uma certeza, mas com tais indícios, os humanos estão fazendo o possível para desvendar os mistérios do universo e saber se estão sozinhos no infinito ou existem "vizinhos" em outros planetas ou galáxias. #Curiosidades