O promotor público de Marselha, Brice Robin, informou que a segunda caixa-preta do voo da Germanwings foi localizada hoje (2), nos Alpes Franceses. O aparelho era procurado há mais de uma semana por investigadores que ainda fazem buscas no local. 

O promotor francês preferiu não revelar detalhes das informações que estão na segunda caixa-preta do voo.  Mas, foi noticiado que no final da tarde de hoje, no Palácio de Justiça de Marselha, Robin vai conceder uma entrevista coletiva. O que se sabe é que o dispositivo deve conter informações dos parâmetros de voo do avião.

O acidente com o Airbus da Germanwings aconteceu na semana passada, no dia 24 de março, deixando todas as 150 pessoas a bordo mortas. A suspeita é que o avião foi derrubado propositalmente pelo copiloto, Andreas Lubitz, por razões que ainda estão sendo apuradas. Ontem, a promotoria alemã disse que Lubitz passou por tratamentos psicológicos para combater vontades suicidas.

A identificação das vítimas do voo estão ainda sendo feitas em laboratório montado próximo à região do acidente. Nele, amostras de DNA são retiradas dos restos mortais das vítimas, que acabam sendo enviadas para um instituto francês fazer a identificação das vítimas. Os especialistas dizem que o trabalho vai levar de dois a quatro meses para ser finalizado. Porém, pelo tamanho da tragédia, todas as vítimas já são conhecidas, devido às listas oficiais divulgadas pelos países das vítimas, por exemplo.

Mistério sobre o copiloto

Hoje (2), novas informações foram divulgadas sobre a vida privada do copiloto Andreas Lubitz, suspeito de ter derrubado o avião que matou 150 pessoas. Os promotores alemães informaram o conteúdo encontrado dentro de um computador apreendido na casa do copiloto.

No histórico do navegador de internet, foram encontradas pesquisas sobre métodos de suicídio. Ainda segundo a agência de notícias Reuters, Lubitz também pesquisou sobre o funcionamento das cabines dos aviões e as medidas de segurança. Também de acordo com a Reuters, o copiloto teria feito as pesquisas dias antes da tragédia.