É comum às pessoas dizerem que quem não tem rede social "não existe", ainda mais em um mundo tão globalizado onde as relações da #Internet parecem influenciar cada vez mais nossa visão sobre as pessoas, incluindo celebridades. Estes, por sua vez, detêm grande influência na massa, uma vez que possuem milhares de seguidores.

Consequentemente, não é incomum a criação de usuários "fakes" para se passarem como verdadeiros diante dos seguidores que, muitas vezes, acham estar acompanhando as atualizações do usuário original. Esta hipótese passou-se pela cabeça de muita gente quando o presidente dos #EUA, Barack Obama, fez seu primeiro post em sua conta do Twitter nesta segunda-feira (18):

"Hello, Twitter! It's Barack.

Publicidade
Publicidade

Really! Six years in, they're finally giving me own account".

"Alô, Twitter! É o Barack. De verdade! Após seis anos, eles finalmente me deram minha própria conta".

Após o tweet, como muitos usuários duvidaram de que fosse uma mensagem verdadeira, o Twitter oficial da Casa Branca confirmou a autenticidade do tweet: "O presidente Obama acaba de lançar @POTUS com um tweet da Sala Oval. É ele mesmo!". A conta intitulada POTUS é referente às iniciais de "presidente dos Estados Unidos", em inglês. Ela será usada exclusivamente pelo próprio Obama e, eventualmente, segundo o governo americano, transferida para o sucessor do presidente. Um comunicado da Casa Branca informou ainda que "o presidente Obama está empenhado em tornar sua administração a mais aberta e participativa da história, e a @POTUS dará aos americanos um novo local para se envolver nas questões que mais importam para eles".

Publicidade

A descrição do perfil da conta de Obama diz: "Dad, husband, and 44th President of United States". O pano de fundo é a foto de uma marcha sobre a Ponte Edmund Pettus, em Alabama, na qual o presidente participou.

O primeiro tweet de Obama já foi compartilhado por mais de 250 mil pessoas e tornado favorito por mais de 340 mil. O número de seguidores 24 horas após esse primeiro tweet se aproxima dos 2 milhões.