O grupo terrorista, famoso por postar vídeos de decapitação de vítimas inocentes, agora executa a mais profunda depravação do horror: a execução de crianças. As últimas notícias do EI (#Estado Islâmico), na Síria e Iraque - que busca estabelecer um califado no Oriente Médio.

Crianças massacradas

Mais de 90 pessoas, incluindo pelo meno 11 crianças, foram executadas pelos guerrilheiros do EI em Palmyra, cidade central da Síria nos últimos sete dias, conforme contou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos à CNN, no último domingo.

Muitas das pessoas mortas eram familiares das forças do governo sírio ou policiais, disse Rami Abdurrahman, diretor executivo do Observatório. Cerca de 11 mil pessoas fugiram de Palmyra e suas aldeias após o EI tomar o controle da área, disse a Agência de Refugiados da ONU, na última semana.

A TV estatal da Síria, citando fontes locais de Palmyra, noticiou no domingo que 400 pessoas foram assassinadas na cidade quando o combate aconteceu. O Estado Islâmico tomou o controle da cidade e é temido que o grupo terrorista agora destrua os monumentos ancestrais da cidade de Palmyra.

Pássaro enfrenta a extinção

Não são apenas as pessoas que estão sofrendo com a #Violência. O íbis-eremita pode tornar-se extinto da natureza, de acordo com um grupo de conservação animal. Antes da guerra civil da Síria, a espécie enfrentou as ameaças das mudanças climáticas e da caça, disse Assad Serhal, diretor-geral da Sociedade para a Proteção da Natureza. Agora, a dificuldade vem da violência homem a homem.

Quando O EI assumiu a área perto de Palmyra, os guardas e as equipes que cuidam de as aves fugiram. Em um ponto, havia 11 íbis calvos na área, mas a população das aves em Palmyra foi reduzida para três pássaros - dois machos e uma fêmea. Eles não foram transferidos do cativeiro perto de Palmyra porque

há um ovo que "nós estamos esperando para chocar", disse Serhal. "Acabámos de ouvir de nossas fontes perto de Palmyra que as três aves e os ovos estão sendo mantidos em um lugar seguro", disse ele. "Nós não podemos revelar a sua localização,"A fêmea, Zenobia, é o único pássaro que conhece a rota de migração para a Etiópia - a rota sai da Síria, passa pela Jordânia, em seguida, sobe a Arábia Saudita e do Iêmen vai para a Etiópia. "Ela deveria fazer a viagem no final do verão, e nós estamos esperando por sua chegada na Etiópia", disse Serhal.

"Esperamos que a cultura, a natureza, o ser humano prevaleça", disse ele. Mas ele acrescentou: "A guerra, infelizmente, prevalece acima da caça ilegal, das alterações climáticas da destruição do habitat."

Iraque rebate alegação

O primeiro-ministro iraquiano refutou o Discurso do Secretário de Defesa dos EUA, que disse que os militares iraquianos simplesmente não têm a determinação para lutar, dando como exemplo a queda da cidade-chave de Ramadi. 

"O que aconteceu foi que, aparentemente, as forças iraquianas simplesmente não mostraram vontade de lutar", disse o secretário de Defesa Ash Carter à repórter da CNN, Barbara Starr em uma entrevista que foi ao ar no domingo. "Eles não estavam em menor número. Na verdade, eles estavam em número bem maior a força de ataque, e ainda assim eles não conseguiram lutar."  #Terrorismo

O premiê iraquiano, Haider al-Abadi disse à BBC que ficou surpreso com as declarações de Carter, sugerindo que o secretário de Defesa foi "reportado com informação errada." As forças iraquianas lançaram um contra-ataque contra o EI, na província de Anbar, o coração sunita do Iraque.
Noticiado pela BBC que al-Abadi disse que as forças tomarão de volta Ramadi, a capital de Anbar, em um curto período de tempo - questão de dias.