A pior seca dos último cinco anos afeta todo o Caribe, levando as autoridades da região a tomar medidas sérias para enfrentar um verão seco.

De Porto Rico a Cuba, passando pela ilha oriental de Santa Lucia, as colheitas secaram, os reservatórios estão secando e na pecuária estão morrendo grande parte do gado, enquanto meteorologistas prevê que a situação pode piorar ainda mais nos próximos meses.

Tudo isso graças ao El Niño , um fenômeno que provoca o aquecimento do Oceano Pacífico tropical que afeta o clima global. Os meteorologistas esperam que a temporada de furacões que começaria neste mês de junho seja mais silencioso do que o normal, causando menos chuva no Caribe.

Publicidade
Publicidade

Isso significa que haverá menos água da chuva para encher reservatórios de Carraizo e La Plata, em Puerto Rico, ou o rio La Plata, na ilha de Naranjito. Uma tempestade tropical que ocorreu no solo americano nesta segunda-feira 22, não foi o suficiente para abastecer algumas dessas represas como alguns funcionários estavam esperando.

Puerto Rico é uma das ilhas do Caribe mais afetada pela escassez de água, a seca afetou mais de 1,5 milhões de pessoas de acordo com o Centro Nacional de Medição da Seca nos Estados Unidos.

Dezenas de milhares de porto-riquenhos têm água a cada três dias, um severo racionamento imposto recentemente pelo governo da ilha. Na semana passada, a Guarda Nacional começou a distribuir água e o governo aprovou uma resolução que aplica multas a pessoas e empresas que usam o líquido vital de forma inadequada.

Publicidade

A última seca no Caribe ocorreu em 2010. A seca atual poderia piorar ainda mais se a temporada de furacões que termina em novembro, produzir chuvas fracas na região, isso ocasionaria na sequidão dos os reservatórios de água até no chão, disse Cedric Van Meerbeeck, climatologista do Instituto Caribenho de Meteorologia e Hidrologia e o mesmo acrescentou que "Podemos ter uma grave escassez de água ... para irrigação, combate a incêndios, para consumo doméstico e a indústria hoteleira." #Natureza