Até agora foram encontrados 55 corpos de pessoas que morreram na queda o avião de transporte Hercules C-130, do exército indonésio, sobre uma área residencial da cidade de Medan, a terceira maior do país, situada na ilha de Sumatra, nesta terça-feira (30). Segundo a agência Reuters, a queda ocorreu cerca de dois minutos após a decolagem.

O porta-voz do exército, Fuad Basya, declarou que o avião decolou às 12 horas e oito minutos (2h08 no horário de Brasília) e caiu a apenas cinco quilômetros da base aérea. O #Acidente provocou um incêndio que foi controlado pelos bombeiros. Equipes de resgate e forças de segurança vasculham a área em busca de corpos e não acreditam que haja sobreviventes.

Publicidade
Publicidade

Estavam 113 pessoas a bordo, incluindo 12 tripulantes e alguns familiares de membros da Força Aérea. Porém acredita-se que o número de vítimas pode ser bem maior, já que o avião caiu sobre uma área residencial bastante povoada, atingindo várias casas e parte de um hotel. O número de pessoas que estariam no local ainda é desconhecido.

Um morador da região afirma ter visto que ao decolar o avião já estava inclinado e soltava fumaça. O chefe da força aérea, Supriatna, confirmou que o piloto havia comunicado à torre de controle que a aeronave estava com problemas no motor. O acidente aconteceu quando ele estava virando à direita para retornar ao aeroporto. Uma das hélices foi parar sobre o telhado de um prédio. Vários andares de um hotel foram atingidos.

Com mais este acidente, a segurança aérea da Indonésia novamente está sendo questionada.

Publicidade

Entre 2007 e 2009, a União Europeia proibiu as companhias indonésias de voarem para a Europa, devido a problemas com segurança. Desde 2008 foram cinco acidentes com aviões da Força Aérea Indonésia. Recentemente, outros dois acidentes ocorreram no país. Em dezembro de 2014, a queda de um avião da companhia AirAsia matou as 162 pessoas que estavam a bordo. Em abril deste ano, um caça F-16 incendiou no momento da decolagem da base militar de Jacarta e o piloto ejetou-se em voo. Em 2005, na mesma cidade, Medan, um Boeing 737 da Mandala Airlines, também caiu sobre uma área residencial deixando 143 mortos. #Violência