O governo da Austrália tem parceria com o do Brasil, além de outros países, e está oferecendo diversas bolsas de estudos para estagiário executivo sênior, formação profissional, mestrado e doutorado. A medida veio após o governo da Austrália anunciar que estava em análise o projeto que poderá permitir a venda de visto permanente para imigrantes.

As bolsas de estudos ofertadas para brasileiros e pessoas de outras nacionalidades são ideais para empresários ou estudantes que desejam turbinar o currículo com experiência profissional ou acadêmica fora do Brasil.

Os tipos de bolsas e auxílios oferecidos variam. Mas sempre são pagas as despesas da #Viagem, que variam entre 3 mil e 4,5 mil dólares australianos (ou entre 7,2 mil e 10,8 mil reais na cotação atual), alojamento que varia entre 2 mil e 4 mil dólares australianos (ou entre 4,8 mil e 9,6 mil reais na cotação atual), o seguro saúde e a bolsa mensal

No total, as bolsas oferecidas pelo governo da Austrália variam entre 18.500 dólares australianos (mais de R$ 44.500 na cotação atual) para os casos de estagiários executivos sênior a 272.500 dólares australianos (mais de R$ 656.000 na cotação atual) para o caso de doutorado de quatro anos. 

As bolsas para pós-graduação tem a participação de 39 universidades australianas e abrange mestrado e doutorado de qualquer área de pesquisa.

Publicidade
Publicidade

Para mestrado, o período de estudo é de 2 anos. Para doutorado, 4 anos.

No caso das bolsas para #Educação e formação profissional, os estudantes também podem ser de qualquer campo de atuação e estudam no país por no máximo dois anos e meio, conseguindo ao final diploma, diploma avançado ou diploma associado na Austrália. Nesta modalidade, a maioria dos cursos são voltados ao mercado de trabalho.

Por fim, a bolsa para estágio executivo sênior é para profissionais das áreas industriais, empresariais ou estudantis. O programa tem duração que varia entre um e quatro meses e oferece a possibilidade de desenvolver competência para trabalho especializado. 

Os interessados nas bolsas de estudos devem se inscrever até o dia 30 de junho - as viagens serão feitas em 2016. Não há número máximo de candidatos aceitos no programa; eles serão escolhidos de acordo com a qualificação dos interessados.

Publicidade

Mais informações são disponibilizadas no site oficial do Department of Education and Training do governo da Austrália.