Nesta quinta-feira (25), no auditório da Câmara dos Deputados, em Brasília, a partir das 9h, será realizado o seminário nacional “O Plano Nacional da #Educação e o Futuro da Educação Brasileira”. O evento é promovido pela Frente Parlamentar em Defesa do PNE e pela Comissão de Educação da Câmara. O presidente da Casa, #Eduardo Cunha (PMDB-RJ), participará da abertura das atividades.

Em pauta, temas importantes para uma melhor qualificação da educação brasileira. Durante todo o dia, serão discutidos os desafios da implantação do Plano Nacional de Educação, formas de financiamento de educação e regime de colaboração, além da qualidade de ensino em uma forma geral.

Publicidade
Publicidade

Deputado Pedro Uczai (PT-SC), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da implementação do PNE, destaca que o seminário servirá como um momento de reflexão a respeito da atual situação da educação no Brasil:

“Estamos completando um ano do Plano, mas para onde iremos nos próximos nove? Que tipo de responsabilidades cabe a nós debatermos? São questões em aberto que o seminário servirá para a construção de resoluções. Teremos uma gama de vozes para o debate e as deliberações que forem tiradas serão fundamentais nas futuras discussões”, avaliou o político.

Durante o dia de atividades, estarão representados o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Fórum Nacional de Educação (FNE), a Associação Nacional de Pesquisa em Financiamento da Educação (Fineduca) e a Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Publicidade

O evento é aberto ao público, e concederá direito a um certificado produzido pela Comissão de Educação da Câmara.  

Com pautas similares às que serão debatidas durante o encontro nacional, também estão previstos cinco grandes seminários a serem realizados em cada uma das regiões brasileiras. O andamento da implementação dos planos, tanto nos âmbitos dos municípios como nos estados, bem como a distribuição de renda para a educação serão temas tratados. #Governo