Foram 12 anos até chegar onde estamos hoje. As leis federais garantiam o direito somente em alguns estados. Primeiro foi o Havaí, em 1997, que aprovou a união civil entre pessoas do mesmo sexo. Um pequeno passo, mas o casamento ainda não era legalizado. Em 2004, o estado de Massachusetts determinou que a constituição estadual deveria dar aos gays e lésbicas o direito de se casar, se tornando o primeiro estado americano a legalizar o casamento homossexual. Com o passar dos anos, nos Estados Unidos, 36 estados já permitiam o casamento igualitário. Todavia, os estados de Alabama, Arkansas, Georgia, Kentucky, Louisiana, Michigan, Mississippi, Missouri, Nebraska, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Ohio, Tennessee e Texas ainda negavam esse direito aos seus cidadãos de orientação homossexual.

Publicidade
Publicidade

Este fato mudou na manhã desse dia 26 de junho, em Washington, quando a Suprema Corte dos #EUA aprovou, por 5 votos contra 4, o casamento igualitário em todos os estados do país, tornando inconstitucional qualquer tentativa de banimento do casamento gay.

Os 5 membros da corte que votaram a favor determinaram que o casamento é garantido pelo 14ª emenda da constituição do país, que engloba todos os cidadãos, sem exceções. Essa foi a maior mudança de leis sobre o casamento que aconteceu nos EUA desde que, há 50 anos, o casamento entre negros e brancos deixou de ser proibido.

Essa mudança acompanha o que está acontecendo em todo o mundo, onde cada vez mais países aprovam o casamento igualitário. Um dos exemplos é a Irlanda, que, em maio desse ano, aprovou por voto popular.

Publicidade

A Holanda, Bélgica, Espanha, Canadá, África do Sul, Noruega, Suécia, Portugal, Argentina, Islândia, Dinamarca, Brasil, Uruguai, Nova Zelândia, França, Inglaterra, País de Gales, Escócia e Luxemburgo também garantem a casais homossexuais o direito de se casar.

No twitter, a decisão está sendo muito comemorada, com a hastag #LoveWins em primeiro lugar dos assuntos mais comentados do mundo e os termos Happy Pride e Supreme Court entre os 10 mais comentados. Em 26 de junho de 2015, nos EUA, em todos os estados, sem distinção, o amor venceu! #Governo #História