É bastante comum ouvir sempre de alguém mais velho a famosa e já tão batida frase: "No meu tempo não era assim". Essa já consagrada expressão ilustra exatamente o conflito de gerações. Para cada geração, nascida da segunda metade do século XX até hoje, os especialistas escolheram uma letra como diferenciação. São elas: X, Y e Z. Mas você sabe o que, na prática essas elas representam? Sabe de qual geração você faz parte? O especialista Darcy Fonseca avalia as diferenças de cada geração.

"A geração X com um padrão de vida analógico, mais realista e consumista do pós-guerra abriu as portas para uma nova geração, a Y, beneficiada economicamente, através de novas tecnologias e novas mídias, com perfis multi-tarefa, consumidora de constantes feedbacks e totalmente focada em priorizar uma melhor conciliação entre lazer e trabalho.

Publicidade
Publicidade

Diferente da Y, a Z já nasceu com todas essas tecnologias incorporadas em todo o seu ambiente de vida. Já não é mais um item agregado e sim uma consequência de toda uma reformulação na sociedade em termos econômicos, sociais e de #Comportamento", afirma o especialista.

"A grande diferença é que estas crianças e pré-adolescentes já começaram a interagir com o mundo, com seus amigos, família e outras pessoas com a ajuda de telas e botões touch screen, chats e vídeos online. Ou seja, já nasceram num mundo totalmente digital, interconectado e multiplataforma", conclui o outro especialista no tema, Edvaldo Acir.