Ser gordinho hoje em dia não tem nada de tão anormal, mas algumas pessoas acabam passando do limite de ser saudável, e acaba colocando sua vida em risco, e quando percebem já estão num quadro de obesidade mórbida e não há como reverter sem um auxílio médico. É o caso do homem que foi considerado como o mais gordo do mundo.

Paul Mason, de 54 anos, começou a engordar em 1983, após uma depressão provocada pela morte recente de seu pai. Nesse ano, sua mãe também teve problemas de saúde, o que ocasionou o distúrbio alimentar no jovem na época. O britânico trabalhava com carteiro, mas começou a apresentar problemas para caminhar e teve que acabar largando o emprego.

Publicidade
Publicidade

A partir de então começou a viver em uma cama, sem conseguir se movimentar por conta do exagerado peso.

No ano de 2002, Mason precisou ser operado, já que estava com um problema sério de hérnia, e para ser levado até o hospital, foi necessário acionar os bombeiros para que eles derrubassem uma das paredes da sua casa, e pudesse ser retirado com segurança do quarto.

O auge do peso de Mason alcançou os assustadores 445 quilos no ano de 2010, e foi então que ele conseguiu através do governo da Inglaterra a realização da cirurgia de redução no estomago. Somente a cirurgia bariátrica foi concedida ao rapaz, a plástica de retirada de pele foi adiada pelos médicos pois era preciso que Mason comprovasse que não engordaria pós a cirurgia.

Apesar da cirurgia, o emagrecimento acontece se houver uma reeducação alimentar.

Publicidade

Segundo pesquisas, 5% das pessoas que realizam a redução acabam recuperando todo o peso eliminado na operação e cerca de 56% volta a ganhar algum peso novamente.

De acordo com a publicação no Daily Mail, após os quase 300 quilos terem sido eliminados, Paul acabou tendo uma grande sobra de pele flácida no seu corpo todo. Descontente com a aparência, ele viajou para os EUA, onde fez a primeira operação para retirar o excesso de pele.

Foram retirados 25 quilos de pele das pernas. Visivelmente mais confortável para andar ele brinca dizendo que antes suas pernas pareciam como troncos de árvores e que agora estão finas como papel. No entanto, serão necessários outros procedimentos para conseguir todo o tecido flácido do seu corpo. Atualmente, o britânico está noivo de uma mulher que diz ter se apaixonado por ele quando assistiu uma reportagem sobre o “Homem Mais Gordo do Mundo”. Pesando agora 127 kg, Mason está de bem com a vida e planeja se casar em breve. #Curiosidades #Medicina