Luto no mundo dos games. A gigante eletrônica Nintendo, através de comunicado oficial, informou a todos sobre a morte do presidente e CEO da companhia, Satoru Iwata. Segundo o texto da empresa, ele veio a óbito em decorrência de um câncer nas vias biliares.

Iwata passava por problemas de saúde desde 2014, quando precisou se afastar de suas habituais atividades no comando da empresa por alguns meses. Nos últimos tempos, a saúde do executivo seguia debilitada, a ponto de Iwata evitar sua participação na tradicional E3, principal feira de games do mundo, que ocorreu no mês de junho, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Ainda sensibilizada pela perda do mandatário, a empresa não se pronunciou oficialmente sobre o natural processo de sucessão no cargo.

Publicidade
Publicidade

Shigeru Miyamoto e Genyo Takeda, coordenadores de alto escalão do grupo, seguirão ocupando os seus atuais postos. A vaga de CEO, ocupada por Iwata desde 2013, também permanece em aberto.

História vencedora

Satoru Iwata é mais um daqueles casos de executivos de sucesso que não tiveram pressa para vencer. Sem ansiedade para apressar as etapas, o japonês foi trabalhar no estúdio HAL Laboraty assim que concluiu sua faculdade. Já como programador da empresa, ele auxiliou na montagem de games históricos como "Balloon Fight" e "Kirby". Naturalmente, Iwata assumiu, em 1993, a presidência da HAL.

Como a HAL e a Nintendo sempre tiveram relações estreitas e similaridade no mundo dos #Negócios, Iwata foi o escolhido pelo então presidente da gigante dos games Hiroshi Yamauchi a sucedê-lo tão logo optou por se aposentar, em 2002.

Publicidade

Com Iwata na presidência da companhia, a Nintendo teve um salto de qualidade e manteve-se firme no mercado mesmo com o crescimento de outras franquias. O console Wii e o Nintendo DS se tornaram líderes totais de vendas.

Atualmente, o grupo mantém duas plataformas presentes no mercado: o Wii U e o Nintendo 3DS. Mas as novidades não param. Para 2016, a empresa prepara o lançamento do novo console batizado previamente de NX. #Jogos #Doença