O Primeiro-Ministro australiano Tony Abbott, começou o domingo com o seu primeiro dia nas comunidades indígenas, nas quais, ele vai passar uma semana, no Norte, para acelerar o desenvolvimento dessa população "negligenciada".

Tony Abbott espera que esta viagem vá ajudá-lo a "se familiarizar com os problemas reais da Austrália indígena. Apenas uma semana de 52 para se concentrar em questões indígenas, não é muito", disse o chefe do #Governo a jornalistas, em Kununurra, uma cidade no Noroeste.

"Isso, francamente, não é muito, pois esta parte da nossa população tem sido amplamente negligenciado ao longo dos últimos cem anos", acrescentou.

Publicidade
Publicidade

"Aborígines estão, finalmente, recebendo a atenção que merecem"

"Portanto, há uma sensação de que os aborígines estão finalmente recebendo a atenção que merecem, e esta será definitivamente a minha atenção e foco total em governo para a semana que vem", disse Tony Abbott.

Tony Abbott prometeu ser "o Primeiro-Ministro de Assuntos Aborígines", antes de assumir o cargo em setembro de 2013, e disse que iria levar o país uma semana por ano a áreas isoladas de comunidades indígenas.

Aborígenes e indígenas vivem na Austrália há mais de 40.000 anos e são os mais pobres e os mais marginalizados do país. Quando os colonos europeus chegaram à Austrália, em 1788, os aborígines eram cerca de um milhão. Eles, agora, são apenas 470 mil, dos 23 milhões de habitantes do país e são os cidadãos mais desfavorecidos, com uma esperança de vida significativamente mais curta.

Publicidade

26 vezes mais chances de acabar atrás das grades

Em um relatório sobre a juventude aborígene e indígena do Estreito de Torres (povos indígenas do Norte da Austrália), a Anistia Internacional reclamou, em junho, que as crianças dessas comunidades tinham 26 vezes mais chances de acabar atrás das grades, do que de outras.

A Austrália

A Austrália é um país do hemisfério sul, localizado na Oceania, que abarca o menor continente do mundo (continente australiano), a ilha da Tasmânia e várias outras adjacentes, nos oceanos Índico e Pacífico. O continente é banhado pelo oceano Índico, a sul e a oeste, pelo mar de Timor,  Arafura e Estreito de Torres, a norte, e pelo mar de Coral e mar da Tasmânia, a leste. Através destes mares, tem fronteira com a Indonésia, Timor-Leste e Papua-Nova Guiné, a norte, e com o território francês da Nova Caledônia, a leste, e a Nova Zelândia a sudeste.

 

MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES PEDE REGULAMENTAÇÃO DOS SERVIÇOS OVER THE TOP

MODELO COM SINDROME DE DOWN IRÁ DESFILAR NA SEMANA DE MODA DE NY #Curiosidades #Comportamento