Se agravou o estado da Saúde em Portugal e o alarme soou. Em Braga, o Hospital de Saúde Público foi forçado a cancelar algumas cirurgias por falta de anestesia. Os doentes se sentiram indignados por verem suas cirurgias adiadas e garantem que não é a primeira vez que falta equipamento no grande hospital.

Em causa, terá estado a ausência de uma médica anestesista, que adoeceu e perturbou todo o sistema do Hospital. Pelo menos três cirurgias foram adiadas para o mês de Setembro, o que deixou os pacientes muito incomodados com a situação. 

Um dos doentes estava já internado há mais de seis horas quando foi informado sobre o adiamento.

Publicidade
Publicidade

Temendo represálias, este paciente português apenas revelou que estava no quadro de Ortopedia, mas se recusou a revelar a sua identidade. Como justificativa, falaram para o doente que "faltavam médicos anestesistas", segundo afirma o Jornal de Notícias

O Hospital de Braga é público e, como tal, as pessoas recebem cuidados médicos mediante o pagamento de taxas moderadoras mais acessíveis. Mas são muitos os portugueses que estão isentos de pagar quaisquer taxas, recebendo todos os cuidados de saúde de forma gratuita. Com a crise econômica que o país está vivendo, o Estado está fazendo cortes nesta área, o que dificulta a prestação de cuidados. O Hospital de Braga recebe milhares de pacientes, mas são muitas as queixas recentes. 

E são os próprios profissionais de saúde a reclamarem da falta de equipamentos e mesmo de profissionais.

Publicidade

"Agora, faltou uma médica de anestesia e todo o mundo vai falar. Mas está faltando o tempo todo enfermeiros. A gente tem que se desdobrar em mil para garantir o melhor para os doentes", contou uma enfermeira do Hospital de Braga, à Blasting News. 

Esta jovem enfermeira trabalha há três anos no Hospital, mas vem notando que está piorando e cada vez escuta mais reclamações dos doentes. "Falta ligadura, falta soro ou falta adesivo. A verdade é que está acontecendo. Mas não é só aqui. Está acontecendo por todo os hospitais e centros de saúde em Portugal", contou a enfermeira para a Blasting News#Europa #Blasting News Brasil #sistema de saúde