A Malásia confirmou na madrugada desta quinta-feira (tarde de quarta-feira, 5, em Brasília) que o destroço, encontrado na ilha francesa de Reunião, no oceano índico, pertence ao voo desaparecido MH370.

“É com o coração pesado que anúncio hoje, 515 dias desde o desaparecimento do avião, que uma equipe internacional de especialistas concluiu que os destroços encontrados na ilha de Reunião são realmente do MH370", disse Najib, primeiro-ministro da Malásia, em uma declaração televisionada.

Desaparecido desde o dia 8 de março de 2014 com mais de 200 pessoas a bordo, a confirmação marca um grande avanço na busca pelo voo, já que não se tem noticia desde que a aeronave esvaneceu do radar.

Publicidade
Publicidade

No entanto, apesar de a notícia fornecer uma conclusão aos parentes, que não tinham nenhuma informação concreta sobre o ocorrido, não se tem explicação sobre o que aconteceu.

"Quero assegurar a todos os afetados por essa tragédia que o #Governo da Malásia está comprometido a fazer tudo a seu alcance para descobrir a verdade sobre o que aconteceu", disse o premiê a uma coletiva de imprensa. 

O voo MH370 da Malaysia Airlines desapareceu em 8 de março de 2014, quando se direcionava para Pequim, na China, após decolar de Kuala Lumpur (Malásia) com 239 passageiros e tripulantes a bordo. A maioria das pessoas que estavam presentes no avião tinha nacionalidade chinesa. 

A peça foi localizada na semana passada na ilha de Reunião, um departamento ultramarino francês situado cerca de 3.700 quilômetros a leste de Madagascar.

Publicidade

A parte do avião é conhecida como flaperon, uma parte móvel de dois metros de comprimento na borda da asa, e foi levada para Toulouse, centro da indústria aeroespacial europeia, para análise. Também foi encontrado vestígios de uma mala preta.

Essa descoberta é um grande avanço nas investigações do #Acidente para descobrir um dos maiores mistérios da aviação mundial, após um ano de buscas pelo avião que desapareceu em março do ano passado.

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/08/primeiro-pais-a-legalizar-maconha-uruguai-declara-guerra-ao-alcool-00504143.html

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/07/aplicativo-da-nasa-simula-trajeto-da-sonda-new-horizons-a-plutao-00488427.html #Investigação Criminal