Foi encontrado morto na madrugada desta sexta-feira (28) o polonês Jozef Wesolowski, de 66 anos. Ex-núncio e ex-arcebispo, Wesolowski se tornaria o primeiro membro da Igreja Católica a responder a um processo pela acusação de pedofilia. O julgamento aconteceria nas próximas semanas.

O religioso foi encontrado por volta das 5h da manhã e conforme autópsia, Wesolowski teve um ataque cardíaco. O religioso não tinha permissão para sair do local onde morava, vivia como em um sistema de prisão domiciliar. 

O julgamento já devia ter acontecido, deveria ter tido início em 11 de julho, mas precisou ser adiado porque Wesolowski teve aumento de pressão um dia antes e foi preciso que tivesse sido internado em Roma, durante alguns dias.

Publicidade
Publicidade

Foram apenas alguns minutos de julgamento, cancelado por causa do réu não ter comparecido ao tribunal - esse, por decisão papal, era constituído de 3 laicos. 

O ex-arcebispo já havia sido preso em 2014, por ordem do Papa. Ficou em um presídio estadual e dois meses depois foi mandando para a prisão domiciliar, por conta de sua saúde, que precisava de cuidados.

As acusações

O religioso polonês Jozef Wesolowski foi acusado de ter abusado sexualmente de menores (entre 13 e 16 anos), entre janeiro de 2008 e agosto de 2013, época em que atuava em Santo Domingo, República Dominicana. Foi também acusado de arquivar material pornográfico infantil e de acessar pornografia na internet. O escândalo começou depois de uma reportagem em um canal de televisão dominicano, no qual foi acusado de pagar para ter relações íntimas com menores.

Publicidade

Os juízes vaticanos diziam que havia argumentos suficientes para que o processo fosse iniciado, que tudo estava baseado em investigações feitas pela Santa Sé. Wesolowski poderia pegar até sete anos de prisão pelos crimes cometidos.

Na esfera religiosa, Jozef Wesolowski já tinha sido condenado pelos crimes sexuais. A condenação foi imputada pela Congregação para a Doutrina para a Fé. Sua sentença canônica foi a perda do título de arcebispo. O passo seguinte era responder pelos seus crimes na justiça.  #Europa