Um tesouro nazista foi descoberto no distrito de Walbrzych, na Polônia. Dois homens, um Alemão e um Polonês, deram vida a uma velha lenda ao afirmarem ter localizado um trem repleto de ouro, pedras preciosas e um quadro valioso, os quais foram abandonados pelos nazistas ao fim da Segunda Guerra Mundial, em um túnel depois da cidade de Wroclaw.

Os caçadores de tesouros, procuraram um escritório de advocacia, que contatou as autoridades. Eles reivindicam 10% do valor da descoberta. “Os advogados, o exército, a polícia e os bombeiros foram acionados. A área não havia sido explorada até agora e não sabemos o que podemos encontrar lá”, disse o oficial Reuters, responsável pelo distrito de Walbrzych.

Publicidade
Publicidade

Segundo a rádio Wroclaw, o vagão mediria 150m e estaria carregado de armas e “equipamento industrial” do exército alemão. Ele teria desaparecido em maio de 1945, quando houve a derrota dos nazistas em face do Exército Vermelho.

Uma antiga lenda

A existência deste trem de “ouro” alimenta muitas lendas e pesquisas na região. Algumas das quais, baseiam-se em registros históricos. Na verdade, a cidade de Wroclaw, localizada no sudoeste da Polônia, estava sob controle alemão na Segunda Guerra Mundial. Segundo a BBC, entre 1943 e 1945, os nazistas recrutaram trabalhadores forçados e prisioneiros de guerra para construir 9km de túneis sob o castelo de Ksiaz, na Silésia.  O referido projeto, jamais findado, foi chamado de “Riese”, “Gigante”, foi destinado, segundo documentos, para se tornar uma das sedes de Hitler.

Publicidade

Um mineiro da região de Walbrzych, Tadeusz Slowikowski, citado pela Gazeta Wrowclavska, conta que passou mais de 50 anos buscando este trem nazista, sem sucesso. Alguns exploradores procuram o comboio em Piechowice. "Muitas pessoas têm procurado este trem, danificando a linha de passagem, mas nada foi encontrado. Mas a lenda mexe com a imaginação ", insiste uma jornalista local, Joana Lamparska, citada pela Rádio RMF.

A lenda faz, em todo caso, eco a outros episódios históricos, incluindo o envio de 24 vagões de Budapeste a Alemanha, levando ouro, prata e objetos de valor roubados de judeus húngaros. Este trem, cuja carga foi estimada em US$ 200 milhões, foi interceptado por soldados norte-americanos, que utilizaram o caminho.

Leia mais: 

Califórnia encontra solução para escassez de água potável

Lei garante a cães e gatos direitos iguais aos de humanos em cidade da Espanha #História #Europa #Casos de polícia