Portugal está vivendo um período de muitos incêndios florestais e, em meio a tanta desgraça, surgiu finalmente uma boa notícia. A população de Coimbra, uma das principais cidades portuguesas, conseguiu na segunda-feira à noite, dia 10 de agosto, pegar um incendiário, que estava começando dois incêndios na região. Graças à população, o homem de 48 anos, lenhador profissional, foi pego em flagrante, tendo sido de imediato detido pela Polícia Portuguesa, adiantou hoje o canal de televisão português ‘RTP’. O homem é suspeito de ter provocado vários incêndios em Portugal e será agora julgado em tribunal.

A população portuguesa está de parabéns, depois de ter conseguido evitar que um homem iniciasse um grande incêndio em Penacova, perto da importante cidade de Coimbra.

Publicidade
Publicidade

De acordo com as autoridades portuguesas, o detido estava iniciando dois focos de incêndio nesse mesmo local, mas vários populares perceberam o #Crime, conseguindo deter o homem de 48 anos. Além de o pegarem em flagrante, os heróis portugueses conseguiram apagar o incêndio, que estava começando, sem precisarem de ajuda dos bombeiros, evitando assim a destruição da floresta.

“O suspeito, usando chama direta, iniciou dois incêndios, próximos um do outro, em uma grande área florestal, sendo que os cidadãos presentes detiveram de imediato o criminoso, apagando os dois incêndios”, escreveu hoje em comunicado a Polícia Portuguesa. O homem detido está sendo interrogado pelas autoridades e é suspeito de ter iniciado outro grande fogo na região, horas antes de ter sido detido pelos populares, que estavam ajudando os bombeiros no combate às chamas.

Publicidade

Este verão está sendo um dos piores em relação aos incêndios em Portugal. Nesse momento, mais de dez grandes incêndios estão arrasando milhares de hectares de florestas portuguesas e causando pânico entre os populares, que têm medo que suas casas sejam atingidas pelo fogo. Neste caso, a população virou herói conseguindo deter o incendiário, mas há ainda ainda dezenas de fogos ativos em Portugal que estão sobrecarregando os bombeiros portugueses e destruindo as florestas e os animais que nelas habitam. #Europa #Casos de polícia