A notícia está inspirando milhões de pessoas em todo o mundo. Segundo o canal americano “ABC”, no Arizona, um dos maiores estados dos Estados Unidos, um ônibus com 50 prisioneiros bateu violentamente contra um grande camião, levando a que cerca de vinte pessoas, incluindo polícias, ficassem feridos.

Porém, cerca de 30 prisioneiros saíram ilesos desse acidente e poderiam facilmente ter iniciado uma fuga, algo que nunca pensaram em fazer. Tudo porque esses prisioneiros preferiram auxiliar e ajudar seus companheiros, bem como os policias, a tentar a fuga para a liberdade.

Nos filmes de Hollywood, muitos são os prisioneiros que tentam de tudo para fugir da cadeia, mas na vida real nem todos tentam fugir a lei e são desse jeito.

Publicidade
Publicidade

Esta semana, a história de que cerca de trinta prisioneiros completamente saudáveis tiverem a oportunidade de fugir, mas preferiram salvar seus colegas, está emocionando e dando uma nova perspetiva para os americanos que defendem que os prisioneiros também têm direitos.

Quem divulga a notícia é o canal americano “ABC”, que conta que um ônibus carregado de prisioneiros sofreu um grave acidente numa estrada no Arizona, fazendo perto de vinte feridos. Os policiais e os cerca de 50 prisioneiros vinham de um dia de trabalho, fora da prisão, quando um camião atravessou pelo seu caminho, fazendo com que o ônibus se desfizesse por completo.

Depois do acidente, trinta prisioneiros tiveram a oportunidade de fugir pelas ruas da cidade, mas eles preferiram fazer o bem, socorrendo o máximo e melhor possível todos os feridos do acidente.

Publicidade

Até os policiais receberam ajuda médica dos seus prisioneiros, algo quase insólito nesses casos de potencial fuga dos prisioneiros.

No final, tudo se compôs e nenhum dos acidentados perdeu a vida, possivelmente por causa da preciosa ajuda dos prisioneiros que saíram ilesos do grave acidente. Nas redes sociais, essa história está correndo o mundo e os prisioneiros passaram a ser os heróis nacionais por um dia, em Arizona e também um pouco em todo o mundo. #Curiosidades #Casos de polícia