A luta da pequena bebê brasileira, Sofia, terminou nessa madrugada de segunda-feira, 14. A menina que com muito custo conseguiu fazer uma cirurgia nos Estados Unidos para o transplante de cinco órgãos veio a óbito após uma parada cardíaca.

Sofia realizou o transplante multiviceral em maio desse ano, entretanto, em julho precisou ser hospitalizada por conta de um vírus que adquiriu após a cirurgia. A notícia sobre o falecimento foi dada em primeira mão pelo perfil oficial “Ajude Sofia” no Facebook, que buscava doações para a cirurgia da menina e deixava os doadores e seguidores em geral sempre atualizados sobre a condição que Sofia se encontrava.

Publicidade
Publicidade

A pequena nasceu com síndrome de Berdon e os médicos estimaram que Sofia não viveria mais que um ano, mas ela foi além, superou as expectativas e como uma guerreira manteve-se firme até um ano e oito meses de idade. A menina foi mostrada em programas de TV como um símbolo de luta e fé diante de circunstâncias tão graves como as que vivia.

A criança começou a contrariar as estimativas médicas quando comemorou um ano de vida no dia 24 de dezembro do ano passado. Depois, silenciou as limitações médicas ao sobreviver a complexa cirurgia multiviceral cinco meses mais tarde. As complicações só surgiram em julho.

Sofia é natural de Campinas, interior paulista, mas nunca pode estar junto aos pais em Votorantim, que estavam sempre lutando contra o tempo para conseguir ficarem próximos da criança.

Publicidade

Ainda no país, Sofia precisou passar por três cirurgias, mas a multiviceral só podia ser feita nos Estados Unidos e custava cerca de dois milhões de reais. O dinheiro para a cirurgia foi arrecadado pela internet, já que a família não dispunha desse valor. Cerca de um milhão e oitocentos mil reais foi arrecadado na campanha online. A família conseguiu em 2014 que a justiça brasileira determinasse a transferência da criança para o #Hospital Jackson Memorial, em Miami, que é especialista no tipo de cirurgia que a criança precisava.

O sucesso da cirurgia foi noticiado por vários meios de comunicação nacionais e internacionais e os apoiadores da causa comemoraram na internet. A família estava feliz. Nas últimas semanas, notícias sobre a piora da menina começaram a voltar a mídia e sua mãe estava visivelmente preocupada.

Na data de hoje, o céu ganhou uma nova estrela e seu nome é Sofia. Força aos pais, amigos e familiares em geral.

#Doença #EUA