A #Europa está de braços abertos para receber milhões de refugiados da guerra que está decorrendo na Síria, mas o Estado Islâmico parece estar se aproveitando dessa bondade para espalhar mais terroristas. Segundo informou o jornal “Daily Mail”, um alto representante do grupo terrorista confessou que muitos desses terroristas estão entrando através de países como a Grécia e a Turquia, infiltrados entre os milhões de refugiados que estão fugindo da guerra. Porém, parece que o Estado Islâmico pretende apenas atacar os governantes dos países aliados aos Estados Unidos, não pretendendo atacar os civis europeus. A França pode ser a primeira vítima da maior organização terrorista do planeta.

Publicidade
Publicidade

Depois da Segunda Guerra Mundial, a imprensa internacional afirma que a Guerra Civil que está acontecendo na Síria é a pior que a humanidade já testemunhou. Por isso mesmo, milhões de pessoas, tal como aconteceu no tempo do Hitler, estão fugindo para longe dessa guerra com suas famílias, na sua grande maioria com crianças muito pequenas, que morrem no caminho até à Europa ou então outros países árabes considerados seguros.

Porém, o Estado Islâmico está se aproveitando dessa situação para infiltrar mais facilmente milhares de terroristas, para conseguirem espalhar o terror contra os países europeus que são “aliados dos Estados Unidos”, tal como disse um dos altos responsáveis do Estado Islâmico, que com permissão de seus superiores, falou ao jornal “Daily Mail”.

Milhões de refugiados já entraram em território Europeu e, segundo esse mesmo responsável, cerca de 4 mil terroristas, a serviço do Estado Islâmico, conseguiram se infiltrar entre as famílias para entrarem em território europeu, sem qualquer tipo de controle.

Publicidade

Apesar da Alemanha e da Suécia serem os países que estão recebendo mais refugiados até ao momento, será mesmo a França o principal alvo da maior organização terrorista mundial, sobretudo porque o país sempre foi um dos maiores aliados dos Estados Unidos e é um dos que mais tem ajudado na luta contra o Estado Islâmico. Devido a essas infiltrações, refugiados estão sendo injustamente associados a redes terroristas, algo totalmente errados pois eles estão precisamente fugindo desses mesmos terroristas, para conseguirem salvar suas famílias. #Violência #Guerra Civil