Foi uma decisão "verdadeiramente excepcional" de um juiz na Inglaterra que puniu por três anos e meio de cadeia uma mulher que matou seu vizinho de 77 anos. É o caso de Sarah Sands, de 32 anos, uma mãe solteira com cinco filhos, que esfaqueou até a morte Michael Pleasted. O homem de 77 anos foi considerado culpado em vários crimes de pedofilia e Sarah acabou com receio geral e o matou. O juiz surpreendeu a todos quando nesta terça-feira, dia 29, a condenou a apenas 42 meses de prisão, em uma sentença em que demonstrou simpatia por um crime em desespero de uma mãe e teve mão bem leve.

No fundo, essa é a prova de que a lei pode também ser interpretada.

Publicidade
Publicidade

Nem tudo é legislação e o júri que julgou o processo desse crime mostrou compreensão por essa mãe solteira que agiu para proteger seus filhos. "Você é uma mãe colocada sob enorme pressão, que perdeu o controle", falou o juiz Nicholas Cook para Sarah, enquanto ela se desmanchava em lágrimas sentada no banco dos réus. 

Por isso, a pena foi reduzida, apesar do juiz tê-la considerado culpada de homicídio involuntário - ela que até foi no apartamento de Michael Pleasted de faca na mão para matar o pedófilo. Mas o tribunal teve mão mais leve por se tratar de uma mãe solteira que terá atuado na defesa de suas crianças. Apesar de ter levado a simpatia do juiz, Sarah vai mesmo para a cadeia nos próximos três anos e meio, porque o tribunal não pode aceitar "#Justiça pelas próprias mãos" como defesa, disse o juiz, citado pelo jornal inglês Daily Mail

Michael Pleasted vivia em Canning Town, em Londres, e tinha já 24 condenações por delitos sexuais.

Publicidade

Tudo informações que Sarah não sabia. Por isso mesmo,  ela passou muito tempo defendendo Michael dos vizinhos e até cozinhava para ele. Nos últimos meses, tudo se agravou. Pleasted foi preso novamente com novas acusações de pedofilia. Foi libertado sob fiança e voltou para casa. Dez dias depois, confrontada com tudo isso e responsável por cinco crianças, Sarah lançou um "ataque frenético" e esfaqueou Michael Pleasted até a morte. 

Sarah passará os próximos 42 meses na cadeia, mas muitos dos vizinhos dormirão certamente mais descansados nas próximas noites.  #Europa #Blasting News Brasil