O intercâmbio é o sonho de muitos jovens hoje em dia. No Brasil, as coisas não estão fáceis: tudo está cada vez mais caro, o salário é baixo e o índice de criminalidade somente cresce. Por isso, muitos jovens resolvem tentar a vida fora do país.

Os Estados Unidos é o destino preferido dos estudantes. Porém, o intercâmbio não é barato. As empresas cobram caro, mas é um preço que, para quem tem condições, é uma experiência que não deve ser jogada fora. As diferenças entre os dois países são gigantescas, os Estados Unidos é um país de primeiro mundo. Para quem quer tentar mudar de vida, essa é uma grande oportunidade. Existem várias formas de se fazer um intercâmbio.

Publicidade
Publicidade

Confira abaixo : 

Intercâmbio esportivo

Para jovens atletas, essa é uma ótima opção. Muitas empresas atualmente realizam esse tipo de intercâmbio. Essa é uma oportunidade que jogadores de futebol não podem deixar passar, até porque, o campeonato de futebol dos Estados Unidos tem crescido cada vez mais e já atrai craques do mundo inteiro. O próprio Cristiano Ronaldo já revelou seu desejo de jogar nos Estados Unidos um dia.

O intercâmbio esportivo funciona da seguinte forma: o jovem atleta procura uma das empresas que oferecem esses serviços. A inscrição pode ser feita no site com o pagamento de uma taxa. O jovem comparece ao gramado da seletiva com o material indicado no site e lá é feita a peneira, onde muitos representantes de clubes e universidades americanas estarão presentes.

Após a seletiva, o jovem vai embarcar para os Estados Unidos e será preparado pela equipe, com várias regalias.

Publicidade

Os custos com treinamento físico, cursos de inglês, e todo o desenvolvimento do atleta serão feitos pela empresa e pelo clube. A única despesa do atleta é a taxa de inscrição, depois disso, é só mostrar o seu talento e fechar com o clube ou universidade que mais lhe interessar. Uma dica de empresa que faz esse trabalho é a NEXT Level Sports.

Intercâmbio High school

É para jovens estudantes que ainda não concluíram o ensino médio. Estudar nos Estados Unidos durante 1 ano pode ser algo que venha a mudar sua vida. O método de ensino é completamente diferente, com a opção de escolher as matérias mais adequadas para a sua carreira futura. As escolas são maiores e com mais recursos.

Concluindo o High school nos Estados Unidos sua chance de ingressar em uma universidade americana são consideravelmente maiores, e, tendo a oportunidade de estudar em uma universidade do exterior, com certeza suas chances de se dar bem na vida aumentam bastante também.

Se gostou da matéria, ou tem alguma dúvida sobre qualquer tipo de intercâmbio e as várias maneiras para conseguir o visto, deixe seu comentário.  #Educação #EUA #Blasting News Brasil