Um belo bebê de grandes olhos azuis nasceu no dia 27 de agosto de 2014 e hoje está com quase 14 meses. Até aí seria um fato normal. Isso se Jaxon não fosse uma criança com má formação do cérebro e que os médicos não acreditavam nem que ele nasceria vivo.

Quando o casal Brittany e Brandon Buell descobriram que o bebê que esperavam poderia não sobreviver a gestação por uma má formação do cérebro, o mundo deles veio abaixo. Os médicos os encorajaram a fazer o aborto, pois se o bebê nascesse, não viveria mais que algumas horas ou dias, como ocorre com milhares de casos semelhantes todos os anos nos Estados Unidos.

Os dois são cristãos e se recusaram a fazer o aborto, certos de que havia um motivo para que aquela criança nascesse assim e se comprometeram a dar todo o amor possível para que Jaxon tivesse dias felizes.

Publicidade
Publicidade

Até que o impossível aconteceu: Jaxon não só nasceu vivo, como seus dias se tornaram semanas e depois meses. Doze meses se formaram e o forte bebê desafiou os médicos e os incrédulos que acharam que seus pais tinham tomado uma decisão errada ao trazê-lo ao mundo. No dia 27 de agosto de 2015, Jaxon apagou as velinhas de seu primeiro bolo. Seus pais esbanjaram amor com o pequeno em fotos publicadas na internet.

Apesar de ser um pequeno guerreiro, Jaxon precisa de medicamentos caros, por isso, uma página foi criada no Facebook para angariar fundos e ajudar seus pais com as despesas de seu tratamento. Na página, criada por colegas de trabalho do casal, há mais de duzentos e cinquenta mil seguidores.

Eles vendem pulseirinhas com a frase “Jaxon Strong” – Jaxon Forte - para angariar fundos. A Fan Page, que é atualizada diariamente, conta com fotos e vídeos, muitos deles feitos pelos pais desse pequeno grande guerreiro americano.

Publicidade

Veja esse vídeo publicado pela página de Jaxon no Facebook e que já foi visto por mais de dois milhões de pessoas e foi criado por uma pessoa que se comoveu com a história do bebê:

O caso tem conquistado pessoas de todo o mundo, bem como tem sido manchete nos principais jornais, revistas e sites dos Estados Unidos e de outros países, dentre eles o Brasil. Muitas pessoas deixam mensagens de apoio na página diariamente, assim como as doações tem partido também de pessoas de outros países sem ser os Estados Unidos. #Medicina #Doença #Blasting News Brasil