Na segunda-feira, dia 12 de outubro, um avião da companhia aérea Monarch que partia do Funchal, na Ilha da Madeira, e com destino a Birmingham, Inglaterra, foi interceptado por um avião militar de origem francesa. Tudo isto aconteceu quando os passageiros do voo ZB983 sobrevoavam o território aéreo francês. Os passageiros ficaram bastante assustados e aterrorizados com esta ação por parte do caça militar de origem francesa. 

Caroline e Tony Regan, dois passageiros do voo ZB983 que prestaram declarações para o jornal britânico "The Telegraph", afirmaram que foi bastante aterrorizador porque quando avistaram o avião militar francês, só se lembraram de todas as notícias sobre aviões abatidos.

Publicidade
Publicidade

Pensaram de imediato que fosse um avião militar de origem russa. Acrescentaram ainda que o avião militar francês estava tão perto do avião da companhia aérea Monarch que se conseguia ver o piloto do avião militar. Tony Regan afirmou também que já viaja para a Ilha da Madeira há 19 anos e que sente que cada vez é mais perigoso andar de avião.

Este passageiro acrescentou que o piloto não informou os passageiros do que se estava a passar, o que provocou uma maior ansiedade e estado de pânico por parte de todas as pessoas que viajavam naquele avião. Tony Regan e Caroline regressavam a casa depois de umas férias na ilha portuguesa. 

Um dos porta-vozes da companhia aérea Monarch revelou que o avião militar francês entrou em atividade logo depois de o voo ZB983 ter perdido a ligação com os controladores aéreos franceses.

Publicidade

A companhia aérea Monarch já confirmou que o voo ZB983 que tinha origem na Ilha da Madeira e destino em Birmingham esteve fora de contacto com os controladores aéreos franceses por breves instantes.

A Companhia Monarch acrescentou ainda que, como procedimento regular, quando acontece qualquer perda de contato com os controladores aéreos, um caça militar é enviado para interceptar o avião. Quando ocorreu, o voo continuou a rota já programada e desceu dentro do horário que estava estabelecido.

  #Europa