Um programa espacial do país está construindo o maior radiotelescópio do mundo, o Telescópio Esférico “FAST”. A estatal chinesa responsável pela construção lançou recentemente imagens da incrível estrutura que está em fase de conclusão.

O projeto do telescópio quando concluído terá o tamanho de 500 metros de diâmetro, cerca de 30 campos de futebol e será sem dúvidas um divisor de águas para a compreensão do universo, e busca por vida em outros planetas.

Quando for concluído, ele vai ter potência suficiente para detectar sinais de rádio e consequentemente, sinais de vida de planetas orbitando a um raio de milhões de estrelas e sistemas solares existentes.

Publicidade
Publicidade

A agência de notícias estatal Xinhua da #China disse que o projeto será concluído em 2016, possibilitando aos pesquisadores detectar sinais de rádio a uma distância de bilhões de anos luz da Terra.

Nan Rendong, cientista chefe do projeto, disse à Xinhua que o enorme prato telescópico irá descobrir muitas coisas que estão ocultas no universo.

Astronomia avançada

A precisão do novo radiotelescópio permitirá aos astrônomos realizar um levantamento mais detalhado da Via Láctea e de outras galáxias e detectar pulsares fracos, e a matriz também pode funcionar como uma estação terrestre para futuras missões espaciais.

Em julho, quando a NASA descobriu um planeta semelhante a Terra, chamado Kepler-452b, houve grande emoção entre os pesquisadores. Ele fica em uma distância exata do seu sol, o que lhe garante ter uma atmosfera e água líquida.

Publicidade

Mas a detecção de sinais de rádio, e sinais de vida do planeta, estão fora do alcance de nossos instrumentos atuais. Mas não para o FAST.

Wu Xiangping, diretor-geral da Sociedade Astronômica chinêsa, está otimista sobre suas capacidades. "Isso vai nos ajudar a procurar vida inteligente fora da galáxia e explorar as origens do universo", disse ele à mídia estatal.

Localização ideal

A construção do projeto FAST começou em 2011 e está situado em um recuo natural na província de Guizhou, onde há enormes montanhas.

O isolamento - o que significa o mínimo de interferência de outros sinais de rádio - e topografia da região torna o local ideal para um telescópio deste tipo.

Agora o FAST irá superar o atual maior radiotelescópio do Mundo, o Observatório de Arecibo, em Porto Rico, que tem um diâmetro de 305 metros.  #Governo #Curiosidades