Ultimamente, as notícias sobre pessoas que perderam a vida na tentativa de fazer uma selfie em lugares perigosos tornou-se alarmante. Existem várias formas de morrer, mas ninguém poderia imaginar que uma simples 'selfie' seria uma delas. Tirar sua própria foto fazendo poses em lugares arriscados pode trazer graves consequências à sua vida. Já foram vistas fotos no trilho de um trem, pendurado à beira de um edifício gigantesco e até se equilibrar no parapeito de uma ponte.

Até agora o site Mashable já contou pelo menos 12 mortes de pessoas fazendo selfies nos últimos meses. Segundo informações do jornal britânico 'Mirror', a última morte registrada por selfie foi de um adolescente russo, Andrey Retrovsky, ele caiu de um prédio enquanto se fotografava no lugar mais alto que conseguiu chegar. 'Nem um milhão de "likes" nas redes sociais valem mais que sua vida', afirmou o ministério do interior russo, após o registro de várias pessoas mortas por conta das selfies.

Publicidade
Publicidade

Veja a seguir cinco situações de 'selfies' perigosas e que foram fatais.

- Cair do Taj Mahal - Um turista japonês caiu e morreu enquanto tentava fazer uma selfie nas escadas do famoso monumento Taj Mahal. Havia mais três pessoas em sua companhia e um dos amigos também caiu e quebrou a perna. Há registro de outras pessoas que caíram e morreram ao tentar fazer uma selfie nesse mesmo lugar.

Selfie com pistola - Também foram registradas mortes de pessoas que morreram ao fazer selfie com armas. Foi assim que aconteceu com o jovem Deleon Alonso Smith, do Texas nos EUA, ele tentava se fotografar com uma arma na garganta, ela disparou e ele morreu.

Cair de ponte ou edifício - Fazer 'selfies' nos pontos mais altos de prédios gigantes virou uma febre, tudo para sair nas redes sociais como alguém corajoso e ousado sem pensar que está pondo em risco a própria vida.

Publicidade

Além de Retrovsky já mencionado, outra jovem universitária, de 21 anos, perdeu a vida ao cair de uma ponte próxima ao Centro Internacional de Moscou quando tentava fazer uma selfie.

Eletrocutado no trilho do trem - Anna Urso, uma romena de 18 anos, pagou com a vida por ser viciada em selfies. Ela achou que uma foto no trilho de um trem seria perfeita, mas quando subiu seu corpo ficou em chamas pela força de uma descarga elétrica que recebeu. Confirmado pelo Jornal 'Daly Mail'.

- Ser derrubado por um touro - Tentar se fotografar diante de animais pode ser muito perigoso, mas as pessoas parecem não se dar conta disso na ânsia de aparecer na mídia.

O espanhol David González López, de 32 anos, é um amante de 'selfies', ele tentava enquadrar um touro em uma de suas fotos nessas festas espanholas, mas o animal irritado partiu pra cima dele derrubando-o e dando-lhe uma chifrada. #Celular #Internet #Blasting News Brasil