Essa história bem que poderia ser fictícia, já que se imagina que foi tirada de um filme ou que seja um relato fantástico, como o conto chamado “Manuscrito encontrado numa garrafa” do escritor norte-americano Edgar Allan Poe (1809-1849).

Mas se você pensou que o manuscrito contém alguma declaração de amor ou um pedido de socorro, você se enganou com relação às suas expectativas.

Isso aconteceu na vida real e foi recente: não é fruto da fantasia, da criatividade de quem tem por ofício escrever livros de ficção ou de alguma narração romântica.

Um casal aposentado de alemães encontrou uma garrafa de 108 anos com uma mensagem dentro dela. Marianne Winkler passeava na Ilha de Amrum, na Alemanha, e avistou objeto flutuando no mar.

Publicidade
Publicidade

Ela e Horst pegaram a garrafa e havia uma mensagem com uma instrução em que se pedia para quebrar o recipiente.

Eles tentaram pegar a mensagem sem quebrar a garrafa, mas não conseguiram. O jeito foi quebrá-la, de acordo com a primeira instrução. Assim, perceberam que a mensagem estava escrita em três idiomas: inglês, holandês e alemão.

O conteúdo da mensagem pedia para que quem a encontrasse, deveria fazer um contato com a Associação de Biologia Marinha de Plymouth, na Inglaterra.

Então, novamente foi o que o casal alemão fez.

Quando esse fato chegou ao conhecimento da associação, os ingleses reconheceram a mensagem. Ela e mais 1020 garrafas foram jogadas ao mar, na costa britânica, entre os anos de 1904 e 1906, com a finalidade de saber e estudar a força das correntezas.

Você se pergunta: acharam mais garrafas? Sim.

Publicidade

Ao longo do século XX, encontraram-se mais do mesmo objeto e da mesma procedência por pescadores. Algumas delas pararam nas praias e a maioria, até hoje, não foram recuperadas ou localizadas.

Alguns meses depois do lançamento naquela mesma época, acharam-se poucos exemplares com as mesmas características.

Qual o final dessa história? Bem, Marianne e Horst estão empolgados porque pensam em entrar para o Livro Guiness dos Recordes como as pessoas que encontraram a mais antiga mensagem dentro de uma garrafa, uma vez que a recordista atual tem 99 anos.

Pode ser ruim para uma história de amor: Não tem nada a ver com cartas afetuosas e apaixonadas; mas, com certeza, é um marco em prol da ciência. Uma intenção nada emocional que contribuiria para uma experiência simples e empírica, feita por homens que queriam entender a #Natureza – suas leis e seu ritmo. Um final feliz. Para a evolução cientifica. #Curiosidades #Europa