Lisa Borch é a adolescente dinamarquesa de quinze anos  que esfaqueou a sua própria mãe. O crime cometido pela jovem chocou o mundo. Segundo relatos, a adolescente passou horas vendo vídeos de várias decapitações levadas feitas pelo #Estado Islâmico para depois esfaquear vinte vezes a sua própria mãe. Esta adolescente dinamarquesa aparentemente inofensiva foi capaz de cometer este terrível #Crime. Segundo o The Sun, a jovem dinamarquesa já há muito tempo que era obcecada pelo Estado Islâmico, tendo tido dois namorados de origem islâmica e os dois tinham ideais extremistas. A adolescente foi condenada à nove anos de prisão por ter matado a própria mãe à facadas na cidade de Kvissel, na Dinamarca.

Publicidade
Publicidade

O assassinato da mãe da jovem  ocorreu no ano passado, em outubro.

Segundo informações recebidas pelo “Daily Mail”, algum tempo antes do assassinato, a jovem estava com o seu namorado muçulmano Bakhtiar Mohammed Abdulla, que tem 29 anos, assistindo a vídeos das decapitações dos britânicos David Haines e Alan Henning, no YouTube - decapitações feitas por parte do Estado Islâmico. O seu namorado foi também condenado a treze anos de prisão e será expulso do país europeu pelo crime cometido com a jovem dinamarquesa.

Segundo as autoridades locais, Lisa Borch e o seu namorado dirigiram-se até à cozinha onde pegaram na faca para assassinar a mãe da jovem, Tina Römer Holtegaard. Na hora do crime, nem a irmã gêmea de Lisa nem o marido da vítima encontravam-se em casa, facilitando o crime cometido pela jovem de quinze anos.

Publicidade

Lisa Borch, logo após o crime, ligou para a polícia dizendo que olhou para a janela e viu um homem de branco  fugir. Acrescentou ainda para a polícia se dirigir ao local rapidamente pois existia sangue por toda a parte. Mal a polícia chegou ao local, Lisa Borch encontrava-se a ver vídeos no Youtube sentada no sofá, o que fez com que a polícia desconfiasse logo da jovem dinamarquesa.

Apesar do namorado da jovem não estar em casa no momento em que a polícia chegou ao local, foram encontradas várias impressões digitais dele. A jovem e o seu namorado tinham intenções de fugir para a Síria #Vôlei