Um fato um tanto quanto incomum ocorreu nos Estados Unidos: uma noiva entregou um “certificado de pureza” assinado por um ginecologista e por ela ao seu pai no altar. O tal “documento” ainda continha uma passagem bíblica. O ocorrido gerou polêmica nas rede, pelo fato dos internautas acharem que a moça se expôs demais.

Toda religião, assim como toda ideologia ou forma de pensamento apresenta seus parâmetros, e no caso religioso, as doutrinas. Em muitas religiões é comum ter relações íntimas somente após o casamento, como por exemplo, o Cristianismo. Só que a cristã Brelyn Bowman decidiu ir além e presentear seu pai, o pastor Michael Freeman com um certificado, que declarava o seguinte:

“No dia 10 de maio de 2006, eu, Brelyn Freeman, fiz meus votos para glorificar a Deus em meu corpo e espírito. Mantive meu compromisso e apresento este certificado ao meu pai, Dr. Michael Freeman, para mostrar como eu honrei a Deus mantendo minha pureza e meu hímen intacto até hoje, 10 de outubro de 2015”.

Publicidade
Publicidade

A declaração também trazia uma passagem bíblica, de 1 coríntios 6: 19-20: "Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?Porque fostes comprados por alto preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus".

O pai foi pego de surpresa, mas não escondeu o orgulho que sentiu da moça quando disse o seguinte: “Eu não fazia ideia do que estava prestes à acontecer. Ela me contou que queria me honrar, não permitindo que qualquer homem a tocasse antes do marido.”

Brelyn apenas seguiu os passos da irmã mais velha que havia feito o mesmo há 6 anos em seu matrimônio. As duas ainda tem um irmão, que ao contrário delas se quer casou virgem. Porém, em sua defesa o pai dos jovens declarou que desejava que todos os filhos se casassem “puros”, e que ama os 3 igualmente.

Publicidade

A atitude da noiva não passou despercebida nas redes sociais, Brelyn recebeu muitas declarações de apoio, mas muitas críticas também, de pessoas que classificaram o ato como exagerado, por ela ter exposto suas intimidades em público. Mas a moça pareceu não se importar em se expor, tanto que posou com o progenitor segurando o “certificado de pureza” no Instagram. #Igreja #Curiosidades #EUA