Mascherano admitiu ontem, dia 29 de outubro, no tribunal de Barcelona, que fugiu durante vários anos aos impostos, tendo desviado uma verba superior a 1,5 milhões de euros. Segundo informa a imprensa internacional, o jogador do Barcelona preferiu confessar seus crimes para que não fosse interrogado pela juíza do processo, mas isso não significa que o argentino não seja preso por causa dessa fuga.

Acusado de exatamente do mesmo crime, #Lionel Messi enfrenta uma acusação da Procuradoria-Geral Espanhola, que pretende prender o atacante do Barcelona durante dois anos, algo que seria naturalmente o fim de sua carreira.

Depois de muitos rumores, e de anos de investigação, está provado em tribunal: pelo menos Mascherano fugiu ao fisco durante anos, admitindo em frente à juíza que é culpado de desviar 1,5 milhões de euros.

Publicidade
Publicidade

Claramente triste à entrada da sala de interrogatório, teria sido o próprio advogado do argentino que o aconselhou a confessar o crime, objetivando, assim, uma pena menos pesada, caso a Procuradoria Espanhola avance com uma condenação, tal como fez com Messi.

Tal como afirma a imprensa internacional, Lionel Messi está enfrentando exatamente as mesmas acusações do seu amigo e companheiro de time, pelo que o atacante incorre em crimes mais gravosos, sobretudo, porque o tempo da fuga e o valor do desvio de dinheiro parece ser superior à de Mascherano. Por enquanto, Messi continua afirmando que é totalmente inocente e que essa história é apenas para prejudicar sua imagem pública, sujando o seu bom nome e atormentando a sua família.

Na verdade, Messi está pensando mesmo em sair da Espanha para não ter que enfrentar essas fortes acusações da justiça espanhola, mas isso pode não ser permitido.

Publicidade

O argentino terá que se apresentar no tribunal de Barcelona nas próximas semanas, dando assim, início a um dos maiores desafios da vida de uma pessoa que tem milhões de seguidores em todo o mundo.

Será que Messi, tal como seu pai, vai continuar com seu discurso de homem inocente? Ou vai seguir os passos do seu amigo Mascherano que, juntamente com seu advogado, preferiram admitir o crime, para que futuramente possam ter mais sorte e espaço de manobra no julgamento? #Blasting News Brasil #Investigação Criminal