Na noite dessa sexta-feira 13, Paris foi pega desprevenida com uma série de ataques terroristas em que mais de dez homens abriram fogo contra cidadãos em lugares diferentes da cidade. Aconteceram explosões próximas ao estádio e homens abriram fogo contra pessoas em bares. Ainda ocorrem ataques armados nesse instante.

Nesse momento, um novo atentado (quinto ou sexto deles, ainda não se sabe ao certo) ocorre em Halles. Segundo internautas publicam nas redes sociais, há atiradores em telhados alvejando policiais e transeuntes. 

Esse tweet abaixo informa do novo atentado que está se iniciando nesse momento:

Até o momento, segundo informações preliminares, cerca de sessenta pessoas já foram mortas e dezenas estão feridas.

Publicidade
Publicidade

Nenhum grupo terrorista assumiu a autoria dos ataques.No início de 2015, radicais islâmicos abriram fogo contra diversas pessoas no escritório do Charlie Hebbo, ocasião em que onze pessoas foram mortas. Os atentados são próximos ao escritório da polêmica revista.

O jornalista português Michel Santos, da Euronews, informou que os atiradores fizeram sessenta reféns na sala de espectáculos Bataclan, onde também ocorreu um atentado agora há pouco. Autoridades policiais tentam resolver a situação e a imprensa francesa pede que as pessoas não saiam de casa. Não se sabe se jogadores das seleções francesa e alemã saíram do estádio ou permanecem no local.

Atiradores estariam gritando 'Allah Akbar' em um restaurante onde fizeram reféns. A imprensa mundial está fazendo a cobertura dos ataques nesse momento de maneira apreensiva.

Publicidade

Algumas pessoas acreditam se tratar de um novo ataque do EI (Estado Islâmico), mas ainda não se tem nenhuma confirmação dessa especulação. Transeuntes que voltavam do trabalho estão se escondendo em comércios que baixaram as portas e casas de desconhecidos para se protegerem.

A transmissão da partida de futebol foi interrompida e as imagens do desespero dos torcedores e jogadores já rodou o mundo. Veja alguns tweets do estádio e do lado externo do mesmo no momento das explosões:

Estrangeiros que se encontram no local contam na internet o desespero das pessoas por não saberem o que está acontecendo, e que apenas correm para se esconder quando ouvem uma explosão ou tiro. #Terrorismo #Ataque #Futebol Internacional