Firdous Khatun, uma mulher indiana de 36 anos, deu à luz ao seu nono filho no último dia 4. A criança nasceu com 14,77  libras, o equivalente a 6,69 kg, e o mais surpreendente é o fato dele ter nascido de parto normal - que ocorreu tranquilamente e durou cerca de 15 minutos apenas. 

Os médicos do Raja Ram Kalawati, o hospital onde o bebê nasceu, garantem que ele é a criança mais pesada nascida na Índia. O peso e o fato do menino ter nascido de parto normal deixou os médicos perplexos, tanto que o apelidaram de " O milagre". No mês passado, outro bebê gigante tinha nascido no país, pesando exatos 6 kg. 

Firdous Khatun, a mãe da criança, já tinha dado à luz a mais 8 filhos.

Publicidade
Publicidade

Mas todos nasceram com um peso comum, com cerca de 3,6 kg. A ideia era que o caçula também nascesse em casa. Mas ao perceber que a a criança era muito grande, o marido de Firdous, kadir Raza, ficou preocupado e a levou para o hospital mais próximo.

A doutora Anjana Gupt, médica que realizou o parto, ficou impressionada com o acontecimento: " Nos meus 21 anos de experiência, nunca tinha visto um bebê tão grande quanto ele. É praticamente um milagre,  não dá para acreditar na forma como ele nasceu tão facilmente, apesar do tamanho. "

" Apesar dos ombros ficarem presos no início, três minutos depois ele estava em minhas mãos. Era tão grande que que tive dificuldade de segurá-lo" diz ela.

Embora a criança tenha apresentado problemas respiratórios, ela e a mãe não correm nenhum risco de vida.

Publicidade

" A mãe não é diabética, o que geralmente é a causa da obesidade em recém nascidos. Não sabemos o por quê desse bebê ter nascido tão grande. Mas ele é saudável, todas as suas funções estão funcionando normalmente ", completou a doutora Gupt.  

Apesar disso, os médicos decidiram monitorar o desenvolvimento da criança em seus primeiros dias de vida, mas pretendem liberá-lo em breve. O segundo bebê mas pesado da Índia, citado no início da matéria, nasceu obeso devido a sua mãe sofrer de diabetes. O bebê de Firdous Khatun não tinha nenhuma tendência a nascer com obesidade, o que está intrigando os médicos.  #Curiosidades