Jenny Maher, com apenas 17 meses, provou da pior maneira porque razão os detergentes têm que estar fora do alcance das crianças. Em uma distração de segundos, a menina irlandesa pegou em uma cápsula de detergente da roupa, mordeu e engoliu seu líquido.

A mãe, Sarah, foi rápida na ação e conseguiu salvar a filha, mas não se livrou de um susto tremendo. Agora, ela está pedindo para que todos os pais tenham muito cuidado na hora de afastar as crianças desses perigos. 

O cuidado que ela não teve, em uma pequena distração, só não foi fatal por milagre. Pelo menos é o que contam os médicos de Dublin, na Irlanda, que falaram para Sarah e Colin, os pais de Jenny, que se demorassem um pouco mais na chegada ao hospital, a criança poderia não ter sobrevivido.

Publicidade
Publicidade

E se desengane quem está pensando que a bebê quase morreu envenenada. O maior problema foram as queimaduras internas, no esôfago e na garganta, e, por mais de uma semana, Jenny teve que ser acompanhada por um médico especialista da garganta, por causa das queimaduras provocadas pelo líquido da cápsula. 

Quando Sarah, de 35 anos, encontrou a menina engolindo o detergente, tirou ela de lá e tentou que ela bebesse leite. Pouco depois, Jenny vomitou, o que, segundo os médicos, fez reduzir o risco de envenenamento. A mãe correu para o hospital quando notou que a respiração da menina estava muito angustiada. Aí, as vias aéreas já estavam inchando e se fechando.

Quando chegaram no primeiro hospital, Jenny foi colocada em um ventilador, mas as melhoras não aconteciam. "Foi bem sério e assustador", revelou mais tarde o pai Colin, de 38 anos, ao jornal Irish Mirror. Em uma hora, Jenny foi levada para outro hospital onde ficou por uma semana nos cuidados intensivos, e com uma enfermeira permanente 24 horas por dia. 

Após o susto maior, a menina está se recuperando bem, mas ainda se desconhece se vai ficar com algum dano no futuro, por causa desse sufoco.

Publicidade

Sarah e Colin têm mais três filhos e nunca tinham vívido nada igual. Por isso mesmo, estão lançando um alerta para que os pais tenham mais cuidado na arrumação dos detergentes, mantendo eles bem afastados das crianças.  #Família #Europa #sistema de saúde